Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação qualitativa de barreiras e facilitadores contextuais de implementação dos programas Viva Vida no Brasil

Processo: 22/08668-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2022
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Marcia Scazufca
Beneficiário:Monica Souza dos Santos
Supervisor: Nadine Seward
Instituição Sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: King's College London, Inglaterra  
Vinculado à bolsa:21/10148-1 - Ensaio clínico randomizado e controlado para idosos com Depressão em áreas socioeconômicas desfavorecidas de São Paulo, Brasil, BP.IC
Assunto(s):Saúde mental   Depressão   Atenção primária à saúde   Intervenção psicossocial   Ensaio clínico controlado aleatório   Idosos   População de baixa renda
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Ciencia de Implementacao | Coleta de dados qualitativos | depressão | ensaio clínico controlado aleatório | Idosos | população de baixa renda | Atenção Básica

Resumo

As intervenções psicossociais digitais para a gestão de sintomas depressivos podem ser uma abordagem potencial para reduzir as lacunas da saúde mental em países de baixo e médio rendimento, incluindo no Brasil. Por este motivo, para além da avaliação da sua eficácia e custo-eficácia, são também necessários dados sobre a implementação destas intervenções. Estamos realizando dois ensaios controlados aleatórios (ECRs) para testar a eficácia e a relação custo-eficácia das intervenções psicossociais digitais (Viva Vida) para a gestão de adultos idosos com depressão (PRODIGITAL-D) e sintomas subclínicos de depressão (PRODIGITAL) registados nas clínicas de cuidados primários em Guarulhos, Brasil. Simultaneamente, estamos realizando avaliações qualitativas dos participantes incluídos nestes dois ECRs para investigar os resultados da implementação dos programas Viva Vida. Objetivo: Analisar os dados qualitativos para avaliar os resultados da implementação com enfoque nas barreiras e facilitadores contextuais da implementação dos programas Viva Vida. Métodos: As avaliações qualitativas realizadas por telefone com 48 participantes (24 incluídos em cada RCT) serão analisadas tematicamente utilizando categorias pré-estabelecidas e categorias emergentes da análise. Conclusão: A bolsa BEPE será uma oportunidade de analisar os dados com a supervisão de especialistas em avaliação de processos e implementação de novas intervenções psicossociais complexas em países de baixo e médio rendimento da King's College London. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)