Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso de Técnicas Análiticas para estudo de objetos do Patrimônio Histórico e Artístico

Processo: 21/12403-9
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de setembro de 2022
Vigência (Término): 31 de maio de 2023
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física
Pesquisador responsável:Márcia de Almeida Rizzutto
Beneficiário:Juliana Bittencourt Bovolenta
Instituição Sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/07366-1 - Coletar, identificar, processar, difundir: o ciclo curatorial e a produção do conhecimento, AP.TEM
Assunto(s):Ensaios não destrutivos   Banco de dados   Patrimônio cultural   Pintura
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:analises não destrutivas | Banco de dados | Fluorescência visível induzida por radiação ultravioleta | patrimonio cultural | Pinturas | Reflectografia de infravermelho próximo (NIR) | Arqueometria, Ciências Aplicadas

Resumo

A proposta deste projeto é o uso e associação de diferentes técnicas de análise por imagens e caracterização elementar e composicional voltadas à caracterização de obras de arte e do patrimônio cultural. Serão analisados neste projeto os materiais que compõem as obras, como pigmentos, papéis, cerâmicas etc., sempre com o objetivo de ao analisar os objetos do patrimônio histórico cultural encontrar elementos que possam indicar a metodologia de fabricação do objeto, os processos de impressão, a composição das tintas e o procedimento usado pelo artista em uma determinada pintura (correlacionar a época histórica, origem, autenticidade, etc.) e o estado de conservação da obra e dos objetos. As técnicas de imagens, como fotografias com luz visível, Infravermelho (IR), Ultravioleta (UV), luz rasante e adiografia, acopladas as técnicas com feixes iônicos e Fluorescência de Raios X (XRF) para caraterização elementar e Raman e FTIR para caracterização composicional dos materiais, permitirão uma caracterização bastante ampla das obras e materiais e também auxiliará a identificação do estado atual de conservação do objeto identificando intervenções, processos de restauro, corrosão, etc. Este projeto de pesquisa proposto é interdisciplinar entre o Instituto de Física e os Museus da Universidade de São Paulo (MAE, MAC, IEB, Museu Paulista). Em particular com o MAC para análise de pinturas de cavalete, visa o estudo destas obras através do uso conjunto de imagens com luz visível, ultravioleta, infravermelho e rasante, e a caracterização elementar dos pigmentos. Este acoplamento de analises permitirá revelar características dos pintores e as informações e imagens obtidas permitirão a formação um banco de dados sobre pigmentos e técnicas de pinturas utilizadas pelos pintores, que servirá de subsídio tanto a historiadores e curadores, para a ampliação do conhecimento em História da Arte e nas técnicas de pintura, como também a profissionais da conservação e restauro na determinação da definição das técnicas e condições de preservação deste patrimônio material. E também utilizar-se-á destas metodologias de análise no projeto de estudos de processos fotomecânicos (fotogravura, fototipia, woodburytype) na expansão dos suportes visuais nas sociedades industriais permitindo identificação de processos de viragem bem como caracterizações dos materiais existentes. Esta proposta de trabalho terá também como objetivo a construção de um banco de dados com as informações sobre os materiais dos objetos estudados O projeto volta-se ainda a subsidiar a capacitação de profissionais para atuação nesta área interdisciplinar, permitindo-lhes a compreensão dos princípios, objetivos, vantagens e limitações das técnicas analíticas envolvidas. Os museus da universidade possuem em seus acervos diferentes objetos oriundos de diversas regiões do país e conta com Laboratórios de Conservação e Restauro, envolvidos com a classificação e conservação de suas coleções, e pesquisadores que buscam recursos técnico-científicos para a melhor caracterização, identificação e conservação dos objetos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)