Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito modulador do sulfato de magnésio sobre a expressão de inflamassoma nlrp3 por monócitos humanos estimulados in vitro com urato monossódico

Processo: 22/10669-4
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2022
Vigência (Término): 31 de outubro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Aplicada
Pesquisador responsável:Jose Carlos Peraçoli
Beneficiário:Gabriela de Oliveira Franco
Instituição Sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Caspase 1   Citocinas   Expressão gênica   Sulfato de magnésio   Imunidade inata
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Caspase-1 | citocinas | expressão gênica | Inflamassoma Nlrp3 | sulfato de magnésio | urato monossódico | Imunidade Inata

Resumo

Introdução: Evidências na literatura mostram que o sulfato de magnésio (MgSO4) é a medicação de escolha para prevenção e tratamento da eclâmpsia, além de possuir efeito anti-inflamatório. A ação anti-inflamatória de MgSO4 é demonstrada por seu efeito inibidor sobre a produção de citocinas pró-inflamatórias como IL-1beta, IL-6 e TNF-alfa em gestantes portadoras de pré-eclâmpsia grave. Monócitos do sangue periférico dessas gestantes encontram-se ativados endogenamente e expressam ativação do inflamassoma NLRP3, responsável pela liberação de citocinas inflamatórias, associada a concentrações elevadas de ácido úrico no plasma das gestantes. Objetivo: Avaliar o efeito modulador do MgSO4 in vitro sobre a expressão de inflamassoma NLRP3 e citocinas inflamatórias em monócitos humanos de mulheres saudáveis, após estímulo dessas células com urato monossódico (MSU). Sujeitos e métodos: Serão incluídas no estudo, 20 mulheres saudáveis, não-grávidas. Monócitos do sangue periférico dessas mulheres saudáveis serão obtidos e cultivados in vitro na presença ou ausência de MSU e MgSO4 por 4h para determinação da expressão gênica do inflamassoma NLRP3 e seus componentes por qPCR e por 18 h para determinação de caspase-1, IL-1beta, IL-18, TNF-alfa e IL-10 pela técnica de ELISA. A determinação dos níveis de cálcio intracelular nas células tratadas com MgSO4 será utilizada para avaliar se o efeito do magnésio sobre o inflamassoma NLRP3 envolve mecanismo dependente de cálcio intracelular. Os resultados serão analisados por testes paramétricos ou não-paramétricos, com nível de significância de 5%.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)