Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação da participação da via ADAM10-NEGR1-FGFR2 nos efeitos in vitro e in vivo do Canabidiol em condição de estresse

Processo: 22/01192-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2023
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Sabrina Francesca de Souza Lisboa
Beneficiário:Izabela Pereira Vatanabe
Instituição Sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/19731-6 - Identificação de mecanismos epigenéticos induzidos por estresse que modulam a sinalização endocanabinóide e a resposta neuroimunológica como novos alvos farmacológicos no tratamento do transtorno de estresse pós-traumático (PTSD), AP.JP
Assunto(s):Proteína ADAM10   Canabidiol   Canabinoides   Estresse
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Adam10 | Canabidiol | Canabinóides | estresse | Fgfr2 | Negr1 | Farmacologia

Resumo

A via ADAM10-NEGR1-FGFR2 possui um papel fundamental no desenvolvimento da estrutural neural. Evidências demonstram que essa via influencia em diversas condições e transtornos neuropsiquiátricos, tais como ansiedade e depressão, Doença de Alzheimer (DA), Transtorno do Espectro do Autista - TEA e esquizofrenia, até obesidade. Resultados recentes indicaram que a biologia da via está relacionada aos eventos moleculares subjacentes às intervenções terapêuticas com alguns antidepressivos. No entanto, diversas limitações envolvem o uso destas medicações, incluindo demora na resposta terapêutica, diversidade de efeitos colaterais, grande percentual de pessoas não responsivas ao tratamento, entre outras. Desta forma, o Canabidiol (CBD) tem se mostrado uma importante alternativa eficaz no tratamento destas e de outras condições, com evidências de ação rápida, efeitos sustentados e melhor perfil de efeitos colaterais. Embora com inúmeros alvos terapêuticos já descritos, ainda não é conhecida a interação do CBD com a via ADAM10-NEGR1-FGRF2. Deste modo, este trabalho tem por objetivo investigar, em modelo de exposição ao estresse, in vitro e in vivo, se os efeitos do CBD envolvem a modulação da via ADAM10-NEGR1-FGFR2. Para isso, células SH-SY5Y diferenciadas e camundongos machos e fêmeas C57BL/6 adultos, serão expostas ao estresse crônico induzido por corticosterona e posteriormente, ainda frente ao estímulo estressor, serão administrados os tratamentos com veículo, CBD, Escitalopram e Nortriptilina. Em outro experimento, a ADAM10 será inibida farmacologicamente, in vitro, para avaliar se os efeitos do CBD dependem desta via. A viabilidade celular será acessada frente a todos os tratamentos. Para avaliar os efeitos do CBD e demais fármacos frente ao estímulo estressor, serão quantificados os níveis de ADAM10 ativa (60 kDa), NEGR1 e FGFR2 nas células e em materiais biológicos oriundos dos animais (plaquetas, hipocampo e córtex). Além disso, serão avaliadas as alterações nas ramificações dendríticas. Adicionalmente, as medidas físicas, alimentares, comportamentais, e cognitivas serão analisadas in vivo, a fim de constatar a eficácia do tratamento realizado com CBD e eficiência do método de exposição ao estresse crônico escolhido. Nesta mesma intenção, a produção de Espécies Reativas de Oxigênio (EROs) será devidamente medida in vitro. Espera-se que os resultados deste estudo possam contribuir na elucidação do mecanismo de ação do CBD, bem como abrir novas possibilidades terapêuticas para o tratamento de uma gama de transtornos que apresentem alterações na via ADAM10-NEGR1-FGRF2.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)