Busca avançada
Ano de início
Entree

Adaptações epigenéticas no musculo Longissimus thoracis de bezerros Nelore após a desmama precoce suplementada

Processo: 22/08769-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2022
Vigência (Término): 31 de outubro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
Pesquisador responsável:Guilherme Luis Pereira
Beneficiário:Isabella Lissa Iwashita de Souza
Instituição Sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Dieta   Metabolismo   Metilação   Sequenciamento
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:bissulfito | dieta | metabolismo | metilação | sequenciamento | Nutrição e Alimentação animal

Resumo

Em bovinos, assim como em outras espécies, influências ambientais no períodopós natal, como clima, alimentação e estresse pode ter forte impacto na vida adulta doanimal devido a alterações metabólicas importantes nesta fase de desenvolvimento. Nessesentido, alterações no manejo pós natal poderia alterar o desempenho de animais e aqualidade de produtos dentro da bovinocultura de corte. Dentre mecanismos molecularesenvolvidos nessas alterações metabólicas está a epigenética, amplamente modulada duranteesse período por meio de alterações na estrutura de empacotamento do DNA e na própriaestrutura do DNA, como no caso da metilação de citosinas. Dentre manejos comerciaisúteis na fase de cria do gado de corte, está a desmama precoce, que embora vise a melhoriareprodutiva de fêmeas por não despender mais energia para aleitamento, pode alterarsensivelmente o metabolismo dos bezerros desmamados devido ao fornecimento de dietaconcentrada. O aporte de nutricional de qualidade no início da vida do animal podeacarretar, como visto em taurinos, alterações do metabolismo de ácido graxo, dadiferenciação da fibra muscular, dentre outras vias metabólicas que impactam diretamentena qualidade do produto final. A raça zebuína Nelore apresenta piores índices produtivos ereprodutivos se comparada a raças taurinas, embora apresente maior robustez e tolerância aparasitas o que faz com ela seja amplamente criada no Brasil, de clima tropical. Estudosvisando o entendimento de adaptações metabólicas devido a manejos durante a fase de criasão escassos com raças zebuínas e inexistente com a raça Nelore. A partir disso, o objetivodesse trabalho será descrever padrões de metilação do DNA em regiões promotoras degenes do músculo estriado esquelético de bezerros nelores antes e após a desmamaprecoce, aos 120 e 210 dias, respectivamente. Para isso, serão utilizados 20 bezerrosdesmamados aos 120 dias de idade e que permaneceram em semi-confinamento até os 210dias de idade. Estes animais receberam dieta contendo ração com 20% de PB, 75% de NDTno período. Foram coletadas alíquotas de musculo da região lombar (Longissimus thoracis)por meio de biópsia aso 120 e 210 dias. Destes 20 animais iniciais, foram escolhidos cincoos quais tiveram seu DNA extraído a partir do tecido muscular visando sequenciamentobissulfito de porções previamente enriquecidas do genoma por meio de enzima de restrição(MspI). Os dados de sequenciamento serão previamente submetidos a análise e controle dequalidade das leituras obtidas utilizando os softwares FastQC e FastP. Após, por meio doprograma Bismark e Bowtie2 serão indexadas e alinhadas as leituras que passarão pelocontrole de qualidade. O estado de metilação de todas as posições de citosinas nassequências será inferido utilizando a função methylation_extractor do programa Bismark.Em cada sítio (nucleotídeo), a taxa de metilação poderá variar de 0% a 100%. A partirdisso, uma ampla análise descritiva das alterações epigenéticas será realizada para cada umdos momentos de coleta. Desse modo, espera-se obter resultados importantes e inéditos decaracterização da metilação do DNA do tecido muscular de bezerros Nelore submetidos adesmama precoce, contribuindo para o crescimento do conhecimento na aérea.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)