Busca avançada
Ano de início
Entree

Serviços hidrológicos ao longo do gradiente topográfico em regiões de transição Cerrado-Mata Atlântica

Processo: 22/05798-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 10 de setembro de 2022
Vigência (Término): 06 de novembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal
Pesquisador responsável:Silvio Frosini de Barros Ferraz
Beneficiário:Bruna Santos Lopes
Supervisor: Daniele Penna
Instituição Sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa: Università degli Studi di Firenze, Itália  
Vinculado à bolsa:21/09086-1 - Serviços hidrológicos ao longo do gradiente topográfico em regiões de transição Cerrado-Mata Atlântica, BP.MS
Assunto(s):Evapotranspiração   Isótopos estáveis   Hidrologia de floresta   Restauração florestal   Serviços ambientais
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Evapotranspiração | Florestas restauradas | Gradiente topográfico | isotopos estáveis | Recarga líquida | Serviços ecossistêmicos hidrológicos | Hidrologia Florestal

Resumo

Em pouco mais de 30 anos, o Brasil perdeu cerca de 87 milhões de hectares de florestas e outras vegetações naturais. A perda da vegetação nativa prejudica a oferta de serviços ecossistêmicos, tais como a oferta dos serviços ambientais hidrológicos, que está diretamente relacionada a conservação dos solos e vegetação. A oferta de um serviço hidrológico é relativa às características biofísicas da região, sendo assim, diferentes paisagens prestam diferentes serviços. As diferentes posições no relevo e os fatores biofísicos associados a isto, como por exemplo, o acesso a água, propensão a erosão do solo, clima, etc, resultam em diferentes processos e por consequência, diferentes serviços hidrológicos. Assim também ocorre com a variação na composição da vegetação, onde aquelas que possuem dossel mais fechado e maior biomassa de serapilheira, como é o caso da vegetação de Mata Atlântica, por exemplo, interceptam maior volume de água precipitado, em comparação às vegetações mais esparsas, como as de Cerrado. Portanto, a composição da vegetação e a cobertura do dossel irão influenciar na quantidade de água que atinge o solo, que consequentemente influem nos processos de infiltração, percolação, drenagem profunda e armazenamento no solo. Sendo então, a vegetação e a topografia fatores que influenciam a dinâmica da água e a recarga líquida do solo e, consequentemente, alguns dos serviços hidrológicos ofertados, o objetivo deste estudo é o de avaliar a oferta de serviços ecossistêmicos hidrológicos em áreas com diferente acesso ao lençol freático é diferentes estruturas florestais. Para atingir este propósito, esse projeto BEPE será desenvolvido com o objetivo de obter parte dos resultados analisados e comparados com os resultados dos estudos similares do Prof. Penna, e também acrescentando análises isotônicas no estudo no Brasil. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)