Busca avançada
Ano de início
Entree

Imagenologia transcriptômica no transtorno obsessivo-compulsivo

Processo: 22/10207-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de abril de 2023
Vigência (Término): 31 de março de 2024
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Eurípedes Constantino Miguel Filho
Beneficiário:Leonardo Cardoso Saraiva
Supervisor: Christopher John Turner Pittenger
Instituição Sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Yale University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:20/12484-6 - Investigação integrada da expressão gênica e da metilação do DNA no transtorno obsessivo-compulsivo, BP.DD
Assunto(s):Genética   Neuroimagem   Transtorno obsessivo-compulsivo
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:genética | Imagenologia Transcriptômica | Métodos Estatísticos Multivariados | neuroimagem | Transtorno Obsessivo-Compulsivo | Genética

Resumo

O transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) é um transtorno psiquiátrico debilitante. A sua base biológica é elusiva, o que dificulta o desenvolvimento de tratamentos efetivos. Estudos robustos de neuroimagem e genética implicaram anormalidades genéticas e neurais, respectivamente, no TOC. No entanto, poucos estudos realizaram investigações integrando genética e neuroimagem no transtorno. Assim, o objetivo central da proposta da BEPE é utilizar a imagenologia transcriptômica para investigar as assinaturas de expressão gênica que correspondem às anormalidades neurais no TOC. A amostra de neuroimagem atualmente disponível compreende três coortes diferentes, totalizando 265 casos com TOC e 251 controles. A amostra de neuroimagem do Enhancing Neuroimaging Genetics through Meta-Analysis Consortium (ENIGMA) estará disponível em breve. A metodologia da rede de similaridade morfométrica será utilizada para estimar a conectividade anatômica entre regiões corticais. Os dados de expressão gênica do encéfalo do Allen Human Brain Atlas serão espacialmente associados com diferenças de similaridade morfométrica entre casos com TOC e controles por meio do uso da regressão parcial dos mínimos quadrados. Análises subsequentes irão explorar os correlatos biológicos dos achados da imagenologia transcriptômica. Essas análises incluirão análises de enriquecimento para variantes genômicas, processos biológicos, e tipos celulares encefálicos; e o uso de modelos de mistura finita para avaliar as trajetórias de expressão gênica ao longo do neurodesenvolvimento relevantes para o TOC. Análises de correlação serão utilizadas para associar os achados da imagenologia transcriptômica aos achados da análise de expressão gênica diferencial em sangue periférico e em amostras encefálicas in-vivo. Um escore de risco poligênico baseado no transcriptoma para TOC será construído usando os achados da imagenologia transcriptômica, e a sua performance em predizer o diagnóstico de TOC será avaliada. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)