Busca avançada
Ano de início
Entree

Perfil microbioma fecal como biomarcador de detecção precoce em Câncer Colorretal em biópsia líquida

Processo: 21/13861-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2022
Vigência (Término): 31 de outubro de 2025
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Rui Manuel Vieira Reis
Beneficiário:Mariana Bisarro dos Reis
Instituição Sede: Hospital do Câncer de Barretos. Fundação Pio XII (FP). Barretos , SP, Brasil
Assunto(s):Microbiota   Neoplasias colorretais   Diagnóstico precoce
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:câncer colorretal | Detecção precoce | lesões precursoras | Microbioma | sequenciamento MinIon | Genética

Resumo

O câncer colorretal (CCR) representa o terceiro tipo de câncer mais incidente no mundo e, no Brasil, é o segundo mais incidente e, apesar do rastreamento e novas estratégias de tratamento, continua sendo o segundo câncer mais fatal em todo o mundo. A microbiota intestinal tem sido implicada no desenvolvimento do câncer colorretal. Trabalho do nosso grupo, tem identificado o papel patogênico da fusobacterium nucleatum, no prognóstico e mais recentemente, no diagnóstico precoce destes tumores. O presente projeto pretende avaliar o perfil microbioma e seu papel como como biomarcador de detecção precoce do câncer colorretal e de suas lesões precursoras utilizando pela primeira vez a tecnologia MinION e amostras residuais de fezes preservadas em dispositivo para análise de sangue oculto nas fezes (FIT). Serão avaliadas amostras de teste de sangue oculto nas fezes imunoquímico de participantes do programa de rastreamento que apresentaram teste positivo e submetidos à colonoscopia, sendo 100 participantes sem lesão e 100 com lesão precursora ou câncer. O DNA bacteriano extraído das amostras de fezes será utilizado para amplificação das regiões variáveis do gene RNA ribossomal 16S e as bibliotecas serão sequenciadas usando o sequenciador de leitura de reads longas MinION da Nanopore. Os dados gerados serão analisados com o algoritmo baseado em nuvem EPI2ME. Esperamos identificar um perfil de microbiota associada ao diagnóstico precoce de CCR na população Brasileira. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)