Busca avançada
Ano de início
Entree

Uma contribuição teórico-metodológica para a análise das abordagens de soft space e soft planning: visões da teoria e prática a partir da experiência de Lisboa-Portugal

Processo: 22/16640-8
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2023
Vigência (Término): 31 de março de 2024
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Planejamento Urbano e Regional - Fundamentos do Planejamento Urbano e Regional
Pesquisador responsável:Sandra Irene Momm Schult
Beneficiário:Igor Matheus Santana Chaves
Supervisor: Cristina Soares Ribeiro Gomes Cavaco
Instituição Sede: Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas (CECS). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Local de pesquisa: Universidade de Lisboa, Portugal  
Vinculado à bolsa:21/09660-0 - Teorias contemporâneas e a circulação de ideias no planejamento - a emergência da abordagem do soft spaces: um estudo de caso na Região Metropolitana de Sorocaba inserida na macrometrópole paulista, BP.DR
Assunto(s):Governança   Teoria do planejamento territorial   Região metropolitana   Análise espacial   Lisboa   Portugal
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Governança metropolitana | Lisboa | método de análise espacial | Portugal | Soft planning | Soft Spaces | Teoria do Planejamento | Teoria do planejamento territorial

Resumo

Nas últimas décadas, a pesquisa teórica no campo do planejamento internacional destaca o surgimento de conceitos como Soft space e Soft planning, em oposição à ideia de Hard spaces e ao planejamento estatutário tradicional - ligados aos limites administrativos e estruturas governamentais definidos formalmente. O debate aborda uma discussão que, desde os anos 1990, vem defendendo do ponto de vista teórico uma mudança no sistema de planejamento europeu de Land-use planning para o Spatial planning, influenciado pela corrente dominante europeia sobre desenvolvimento espacial e coesão territorial, reescalonamento estatal e devolução. A partir disso, as nossas hipóteses, propõe que estas teorias, abordagens e processos podem estar relacionadas e, ao sistematizar seus elementos em uma estrutura analítica detalhada, podemos nos aprofundar as abordagens para uma compreensão mais complexa do processo de planejamento contemporâneo. Neste sentido, este projeto de estágio no exterior pretende construir uma estrutura teórico-metodológica para a compreensão e reconhecimento dos processos contemporâneos de planejamento denominados Hard/Soft Spaces e Soft Planning, de modo a contribuir com novas interpretações para questões do campo do planejamento territorial e no debate da governança metropolitana. Para tanto, se desenvolve, no aspecto teórico, em se aprofundam nas abordagens a partir do conhecimento estabelecido nos resultados e avanços do temático SOFTPLAN, da instituição sede em Lisboa, Portugal. E, no aspecto prático, nas agências e estudo de caso da região. Assim, serão desenvolvidos métodos qualitativos, como a revisão bibliográfica, estudo de caso, análise de conteúdo, codificação, visita de campo e a criação de cartografias e esquemas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)