Busca avançada
Ano de início
Entree

Pesquisa comparativa de abelhas corbiculadas viventes e fósseis, com ênfase nas relações filogenéticas de Meliponini (Apidae: Apinae)

Processo: 23/00647-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2023
Vigência (Término): 31 de julho de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Eduardo Andrade Botelho de Almeida
Beneficiário:Anderson Lepeco
Supervisor: James Michael Carpenter
Instituição Sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa: American Museum of Natural History, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:21/12082-8 - Evolução das abelhas-sem-ferrão (Apidae: Meliponini) no tempo e no espaço: Integração da filogenômica à paleontomologia, BP.MS
Assunto(s):Comportamento social   Filogenia   Fósseis   Sistemática   Entomologia   Meliponini
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Comportamento Social | Evidência total | Filogenética | fosseis | Paleoentomologia | Sistematica | Entomologia

Resumo

Abelhas-sem-ferrão (Meliponini) são elementos-chave na fauna de abelhas de regiões tropicais, tendo papel importante na polinização de flores nativas e cultivos, além de relevante contato histórico com sociedades humanas. A tribo está compreendida no clado das abelhas corbiculadas, que também inclui as abelhas-do-mel, mamangavas e abelhas-das-orquídeas. Hipóteses para o relacionamento filogenético entre os gêneros de Meliponini e entre as tribos de abelhas corbiculadas foram propostas com base em dados morfológicos e moleculares, havendo divergências entre os resultados. Esse fato é um indicativo de que ainda há muitos avanços a serem obtidos para a compreensão da morfologia de abelhas-sem-ferrão. Hipóteses filogenéticas têm impactado de forma significativa nossa compreensão sobre a evolução do comportamento eussocial em Meliponini e linhagens relacionadas. Neste sentido, os fósseis são uma importante fonte de informação, dado que a eussocialidade é inferida para um conjunto de linhagens extintas durante o Cenozoico. O registro fóssil de Meliponini é relativamente rico em relação a outras abelhas, incluindo Cretotrigona prisca, a abelha fossil mais antiga, cujo holótipo está depositado no American Museum of Natural History (AMNH). O objetivo do presente estágio é visitar o AMNH por um período de três meses para proporcionar o estudo de abelhas corbiculadas viventes e extintas, especialmente Meliponini, que não estejam representadas em coleções brasileiras. Informações sobre o material estudado no AMNH serão incluídas em uma matriz morfológica que, posteriormente, será combinada com dados genômicos em uma análise de evidência total para reconstruir as relações filogenéticas e tempos de divergência para a tribo e linhagens próximas. O acesso aos espécimes de abelhas-sem-ferrão viventes e fósseis no AMNH irá aprimorar de forma significativa a amostragem de terminais em nossa análise comparativa, proporcionando a representação de todos os táxons supraespecíficos de Meliponini nas filogenias resultantes. Considerando o progresso atual da pesquisa do candidato, mais de 300 caracteres morfológicos serão codificados e refinados durante os três meses do estágio proposto. A informação adquirida será incluída em ao menos três publicações com perspectiva de finalização até o fim do mestrado do candidato. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)