Busca avançada
Ano de início
Entree

Escrita, discurso e ação em livros didáticos de português

Processo: 22/13328-3
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2023
Vigência (Término): 31 de maio de 2024
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Linguística Aplicada
Pesquisador responsável:Manoel Luiz Gonçalves Corrêa
Beneficiário:Cristian Henrique Imbruniz
Supervisor: Ribard Dinah
Instituição Sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS), França  
Vinculado à bolsa:20/03933-1 - Representações sobre a escrita e seu ensino em livros didáticos de Português no ensino médio nos séculos XX e XXI, BP.DR
Assunto(s):Educação   Ensino médio   Ensino da escrita   Língua portuguesa   Livro didático
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Abril | Companhia Editora Nacional | Ensino de escrita (linguística) | Ensino Médio | Livros didáticos de língua portuguesa | Séculos XX e XXI | Somos Educação | Linguística aplicada ao ensino do português como língua materna, análise do discurso francesa, escrita

Resumo

Neste projeto, apresento uma abordagem que mobiliza, teórica e metodologicamente, dois níveis de trabalho com a escrita: como saber escolar e como forma gráfica e linguística. Suponho que estas formas organizam e constituem os livros didáticos (LD), que, por sua vez, fazem circular as representações daquele saber. No plano teórico, proponho articular uma abordagem sócio-histórica do discurso nos estudos da linguagem com uma abordagem historiográfica de base pragmática, baseada na contextualização de ações realizadas por meio da escrita e em torno dela. O objetivo geral da pesquisa é, pois, descrever, analisar e situar ações realizadas por meio da escrita em processos discursivos. Pretendo, assim, discernir a conjunção de saberes institucionais, mercadológicos e autorais como material historiográfico de potenciais intervenções no hoje chamado ensino médio (EM), nível de ensino em disputa constante. O material é composto de 17 LDs de português, destinados ao 1º e ao 2º anos do EM, publicados por duas grandes editoras: a Companhia Editora Nacional (oito livros entre 1930 a 1980) e a Abril/Somos Educação (nove livros entre 2004 e 2018). No plano metodológico, assumo as lições/capítulos e os exercícios presentes nos LDs como recortes de análise que envolvem saberes escolares e formas gráficas e linguísticas, uma vez que essas unidades gráficas desempenham um papel importante tanto na organização do LD quanto na organização presumida das disciplinas escolares e dos níveis de ensino. A forma de análise consiste na busca de regularidades linguístico-enunciativas a partir da descrição e da análise de ações de escrita nas lições/capítulos e nos exercícios e na busca de fatos históricos, sociais e políticos, performatizados junto a essas ações, ainda que em outra série do acontecimento. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)