Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do potencial fotoprotetor e fotoestabilizador de substâncias produzidas pelos fungos antárticos Geomyces vinaceus e Rhinoclodiella similis

Processo: 22/15405-5
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2023
Vigência (Término): 31 de julho de 2024
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Pesquisador responsável:Lorena Rigo Gaspar Cordeiro
Beneficiário:Nayara Fernanda Tokashike de Araujo
Instituição Sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Antioxidantes   Cosméticos   Fungos   Fotoproteção
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:antioxidante | cosméticos | Fotoprotetores | fungos | Fotoproteção

Resumo

Atualmente, é possível observar que a população em geral tem buscado melhor qualidade de vida. Sendo assim, a preocupação com o uso de cosméticos que previnam o câncer de pele também tem sido uma constante - isso porque no Brasil, apesar das elevadas taxas diárias de exposição ao sol, poucas pessoas utilizam medidas de proteção, sejam elas roupas, acessórios ou filtros solares. Isso ainda que se saiba que o câncer de pele esteja diretamente relacionado à exposição aos raios ultravioleta. Então, atrelado a esse comportamento, evidencia-se a busca por produtos cosméticos que estejam associados com medidas de sustentabilidade, bem como a utilização de ingredientes mais naturais, com destaque - justamente - para os protetores solares. A fim de corresponder a essa demanda, a Indústria de Cosméticos segue investindo em ingredientes mais naturais. Dentre esses ingredientes, destacam-se os compostos de origem marinha por possuírem alto potencial de inovação, além de indícios de absorção de altos níveis de radiação ultravioleta. Além disso, a prospecção de compostos produzidos por fungos marinhos tem como vantagem a sua obtenção em grande quantidade por processos biotecnológicos. Assim, para este estudo foram selecionados os fungos Geomyces vinaceus e Rhinoclodiella similis, visando a avaliação do potencial fotoprotetor e fotoestabilizador de substâncias isoladas desses fungos, por meio da avaliação de sua segurança e eficácia, quando associados a filtros solares comerciais. Primeiramente os fungos serão cultivados em larga escala, para a obtenção de maior quantidade das frações de interesse, previamente selecionadas em estudo anteriores de nosso grupo de pesquisa. Também será avaliado o efeito da irradiação por UVA na produção dos compostos fotoprotetores. A seguir, os compostos de interesse serão incorporados em formulações fotoprotetoras, associados ou não aos filtros solares avobenzona, metoxicinamato de etilexila e bemotrizinol, para a avaliação da absorção no UV/visível e da fotoestabilidade. A fototoxicidade das associações será avaliada por meio do ensaio 3T3 NRU PT (OECD TG 432) e a avaliação da proteção UVB e UVA será realizada por meio da citotoxicidade e da inibição da geração de ERO induzidos por UVA, respectivamente, ambos em cultura celular.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)