Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação de nanosubstâncias carreadoras de curcumina em modelo animal de dano intestinal causado por indometacina

Processo: 22/12823-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2023
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2024
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Lizziane Kretli Winkelströter Eller
Beneficiário:Maria Eduarda Ferraz Mendes
Instituição Sede: Faculdade de Ciências da Saúde (FCSA). Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE). Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Suplementos nutricionais
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:nutracêuticos | Microbiologia farmacêutica e de alimentos

Resumo

Doenças inflamatórias intestinais acomete cada vez mais, um número maior de pessoas em todo o mundo. Uma das causas associadas a inflamação da mucosa intestinal é o uso de anti-inflamatórios não esteroidais, uma das classe de medicamentos mais utilizada. Vinculadas a terapias caras, e com significativos efeitos colaterais, busca-se alternativas para o tratamento desses pacientes. O uso de compostos nutracêuticos tem sido estudado como abordagem terapêuticas alternativa no manejo das doenças inflamatórias intestinais. Neste contexto, a nanoformulação desses compostos tem sido adotada como uma estratégia aliada, a afim de melhorar suas propriedades físico-químicas para absorção. Diante do exposto, este projeto tem como objetivo avaliar o efeito anti-inflamatório e de modulação intestinal de nanosubstâncias carreadoras de curcumina em modelo animal de dano intestinal induzido por indometacina. Na experimentação animal serão utilizados 54 camundongos machos linhagem Mus musculus (C57BL/6), que receberão indometacina (1.5mg/kg) por 14 dias para indução de dano intestinal. As nanosubtâncias contendo curcumina serão sintetizadas pelo método de gelificação iônica e na nanoemulsão, sendo utilizados no experimento animal em concentração final 200mg/kg. Seu impacto na inflamação intestinal será avaliado a partir de análise macroscópica, histopatológica e marcadores inflamatórios. A modulação intestinal será avaliada por análise metagenômica. Os resultados serão compilados em gráficos e tabelas; a análise estatística será realizada considerando nível de significância de 0,05. A utilização dos nutracêuticos no tratamento e prevenção de doenças é um tema bastante atual e apresenta-se como uma possibilidade terapêutica bastante interessante uma vez que podem ser ferramentas úteis na promoção da saúde humana.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)