Busca avançada
Ano de início
Entree

Bioprospecção de compostos de baixo peso molecular com atividade antileucêmica em peçonha de Bothrops moojeni

Processo: 22/05554-3
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2023
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Análise Toxicológica
Pesquisador responsável:Suely Vilela
Beneficiário:Gabriela de Oliveira Almeida
Instituição Sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Bothrops moojeni   Desintegrinas   Farmacologia   Toxicologia
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:antileucêmica | Bothrops moojeni | Caracterização Estrutural e Funcional | desintegrina | mecanismo de ação | novas moléculas de baixo peso molecular | Toxinologia

Resumo

A leucemia é um tipo de câncer muito recorrente caracterizado pelo acometimento dos leucócitos. O tratamento atualmente preconizado para a doença consiste no uso de agentes quimioterápicos altamente agressivos ao paciente, o que torna evidente a necessidade do desenvolvimento de novas terapias mais efetivas e menos tóxicas. A peçonha de serpente é caracterizada pela complexa composição química que inclui moléculas com diversas ações fisiológicas e terapêuticas. Isso destaca a importância de se realizar estudos que identifiquem e caracterizem novas moléculas com atividade antitumoral a partir dessa matriz. Desta forma, o presente estudo tem como objetivo isolar moléculas de até 10 kDa da peçonha de serpentes da espécie Bothrops moojeni que apresentem ação antileucêmica em linhagem THP-1 e HL-60. Os compostos serão isolados a partir da peçonha bruta por ultrafiltração em membrana e métodos cromatográficos. Em seguida, será realizada a bioprospecção de compostos com atividade antileucêmica, seguida da caracterização funcional, estrutural e do mecanismo de ação destes compostos. Os compostos que apresentarem atividade citotóxica serão avaliados quanto à indução de apoptose/necrose e autofagia. Para aqueles que demonstrarem atividade antimigratória será avaliada a inibição da agregação plaquetária, ensaio de angiogênese in vitro e modulação da invasão celular. Os compostos com atividade antiproliferativa, por sua vez, serão submetidos à avaliação do ciclo celular. Por fim, os compostos bioativos serão submetidos a ensaios toxicogenômicos, além de serem avaliados quanto à toxicidade em células normais de sangue periférico e capacidade de hemólise, visando avaliar a sua segurança. As estruturas serão, então, caracterizadas por espectrometria de massas, ressonância magnética nuclear e sequenciamento N-terminal. Assim sendo, será possível isolar e caracterizar pelo menos uma nova molécula com potencial terapêutico antileucêmico.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GABRIELA DE OLIVEIRA ALMEIDA; ISADORA SOUSA DE OLIVEIRA; ELIANE CANDIANI ARANTES; SUELY VILELA SAMPAIO. Snake venom disintegrins update: insights about new findings. Journal of Venomous Animals and Toxins including Tropical Diseases, v. 29, . (22/04804-6, 21/11936-3, 22/05554-3, 20/13176-3, 20/15670-5, 22/08964-8, 19/10173-6)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.