Busca avançada
Ano de início
Entree

Obtenção de informações químicas em cérebros de rato com um potenciostato portátil

Processo: 23/02572-3
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de abril de 2023
Vigência (Término): 30 de novembro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Mauro Bertotti
Beneficiário:Douglas Philip Martinez Saraiva
Instituição Sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/08782-1 - Sensores químicos miniaturizados e integrados: novas plataformas de fabricação para aplicações biológicas, clínicas e ambientais, AP.TEM
Assunto(s):Microeletrodos   Óxido nítrico   Eletroanalítica
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Cérebro de rato | microeletrodos | Oxido Nitrico | Potenciostato portatil | Eletroanalítica

Resumo

O grupo de pesquisa do Prof. Newton Canteras (ICB-USP) tem sugerido que a liberação de NO na PAG pode influenciar mecanismos de defesa e do medo frente a uma ameaça predatória. Sendo assim, o monitoramento da dinâmica de formação do NO durante a exposição de um rato a um predador poderia ser útil para uma melhor compreensão do fenômeno de defesa frente a agressões e, neste contexto, a possibilidade de inserção de um sensor de NO no cérebro de um rato seria fundamental para testar a hipótese. Para que os dados possam ser obtidos e transmitidos trabalhando-se com animais em livre movimento, a resposta do potenciostato miniaturizado deve ser testada e validada para as condições que irá enfrentar.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)