Busca avançada
Ano de início
Entree

Tecnologias distribuídas de rede: mudanças de paradigmas para promover a transição energética e o conceito de 3D - descentralização, descarbonização e digitalização

Processo: 23/01719-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de março de 2023
Vigência (Término): 12 de dezembro de 2023
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Sistemas Elétricos de Potência
Pesquisador responsável:Walmir de Freitas Filho
Beneficiário:Walmir de Freitas Filho
Pesquisador Anfitrião: Bala Venkatesh
Instituição Sede: Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa: Toronto Metropolitan University (TMU), Canadá  
Vinculado ao auxílio:21/11380-5 - CPTEn - Centro Paulista de Estudos da Transição Energética, AP.CCD
Assunto(s):Distribuição de energia elétrica   Geração distribuída   Sistemas de distribuição   Tecnologias emergentes
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Distribuicao de energia eletrica | Geração distribuída | grid edged technologies | sistemas de distribuição

Resumo

Os sistemas de distribuição de energia elétrica estão passando por uma mudança de sistemas passivos, não supervisionados e centralizados para sistemas ativos, supervisionados e decentralizado. Essa mudança de paradigma tem parcialmente ocorrido sem a influencia direta das concessionárias de distribuição, visto que muitas das tecnologias levando a este novo cenário são adotadas por consumidores (usuários finais). Essas tecnologias são compostas pelos Recursos Energéticos Distribuídos (REDs), novos equipamentos industriais, comerciais e residências eficiente baseados em conversores eletrônicos e uma extensiva rede de comunicação. Para definir esta tendência, facilitando a comunicação entre diferentes agentes, o termo grid-edge technologies tem sido internacionalmente utilizado. O termo grid-edge technologies pode ser entendido como diversas tecnologias inovativas, consistindo em soluções em hardware e software, que podem ser utilizadas para promover o conceito de 3Ds: descentralização, digitalização e descarbonização do setor elétrico. Nesse contexto, este projeto de pesquisa tem dois objetivos ambiciosos. Em uma perspectiva de longo prazo, de 5 a 10 anos, o objetivo é implementar uma colaboração de longo prazo com o Centre for Urban Energy (CUE), sediado na Toronto Metropolitan University, Canada, e o Centro Paulista de Estudos de Transição Energética (CPTEn), uma iniciativa apoiada pela FAPESP sediada na UNICAMP, para produzir resultados e produtos científicos e tecnológicos para facilitar a transição energética. Em uma perspectiva de curto prazo, 12 a 24 meses, o objetivo é propor métodos para avaliação de sistemas de distribuição empregado técnicas de análise de risco em razão das incertezas e variações introduzidas pelo uso dessas tecnologias emergentes (grid-edge tecnologies); e métodos para mitigação de impactos adversos causados por essas tecnologias empregando técnicas alimentadas por dados e eventos considerando sobretudo aspectos de qualidade de energia. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)