Busca avançada
Ano de início
Entree

Funções executivas em músicos e não músicos: Projeto MusicEnsemble - Brasil

Processo: 23/03052-3
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2024
Vigência (Término): 30 de junho de 2024
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Música
Pesquisador responsável:Graziela Bortz
Beneficiário:Graziela Bortz
Pesquisador Anfitrião: Massimo Grassi
Instituição Sede: Instituto de Artes (IA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Università degli Studi di Padova, Itália  
Assunto(s):Cognição musical   Funções executivas   Memória de curto prazo   Memória operacional
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:cognição musical | funções executivas | Memória de curto prazo | Memoria operacional | Cognição musical

Resumo

A vantagem de músicos sobre não músicos em habilidades cognitivas e em funções executivas tem sido alvo de escrutínio nas últimas décadas e, a despeito de pesquisas comportamentais, com correlatos neurais, apontando tal vantagem em algumas medidas, tais como memória de curto prazo, memória operacional, controle inibitório, atenção e habilidades sociais, ainda há controvérsias a esse respeito. As principais críticas dizem respeito à uniformidade das populações investigadas, sendo principalmente resultado de pesquisas com populações de classe média, de países do hemisfério norte e eminentemente branca. Além disso, boa parte das pesquisas foram feitas com amostras pequenas, não tendo grande potência inferencial de efeito causal. Este estudo se incorporará a um projeto multicêntrico do qual participarão outras 12 unidades em outros países e pretende reunir dados amostrais de pelo menos 600 participantes, sendo 42 (21 músicos e 21 não músicos) do Brasil. A coleta de dados será iniciada no Brasil em 2023 e terá continuidade, em 2024, na instituição sede do projeto, Università degli Studi di Padova, no departamento de Psicologia Geral. Serão aplicadas as escalas Raven (Rosseti et al., 2009), BFI-2 (Zhang et al., 2022), WAIS-4 (Wechsler, 1955), Four-factor (Hollingshead, 1975 ), Mini-Proms (Zentner & Strauss, 2017), Gold-MSI (Lima et al., 2018; Müllensiefen et al., 2014), eBMRQ (Cardona et al., 2022), n-back auditiva e outras escalas personalizadas. As correlações de Pearson serão calculadas para variáveis separadamente para músicos e não músicos. Serão calculados três modelos de regressão multinível, separadamente para cada tarefa de memória. Como preditores, serão incluídos a interação entre grupos e o vocabulário GOLD-MSI, Raven, WAIS-IV, n-back, BFI-2, eBMRQ, status socioeconômico, idade e anos de escolaridade. Usando uma abordagem de comparação de modelos, será selecionado o melhor modelo de previsão de cada resultado de memória. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)