Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de plataforma de formulações de uso tópico sol-gel termorresponsiva para veiculação de promotores de absorção cutânea e ativos farmacêuticos e cosméticos

Processo: 22/07541-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de setembro de 2023
Vigência (Término): 30 de novembro de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Pesquisador responsável:Newton Andréo Filho
Beneficiário:Newton Andréo Filho
Pesquisador Anfitrião: Harendra Parekh
Instituição Sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Queensland, Brisbane (UQ), Austrália  
Assunto(s):Administração farmacêutica   Tecnologia farmacêutica   Sistemas de liberação de medicamentos   Papaína   Permeação cutânea
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:formulações termorresponsívas | papaína | Permeação Cutânea | Promotores de Absorção | Sistemas de liberação controlada de fármacos | sistemas transdermicos | Tecnologia Farmacêutica

Resumo

A administração de fármacos através da pele é uma alternativa viável para o tratamento de doenças locais e sistêmicas, que disperta o interesse de diversos pesquisadores. Embora muitos sistemas trandérmicos tenham sido testados para otimizar a entrega de fármacos, poucos ganhos efetivos tem sido conseguidos de modo a desenvolver plataformas medicamentosas versáteis, capazes de veicular fármacos com diferentes propriedades e favorecer a permeação dos mesmos. Neste projeto, propomos o desenvolvimento de uma formulação sol-gel termorresponsiva para a veiculação de dois fármacos, um hidrofílico (cafeína) e outro lipofílico (resveratrol), associados aos promotores de permeação cutânea uréia ou papaina, visando a liberação controlada e melhora da penetração cutânea. Para tanto, serão realizadas sob refrigeração (4-8°C) misturas poloxamer 407, glicerina e água, para determinação da temperatura de transição sol-gel (Tsol-gel). Posteriormente, as misturas serão acrescidas de quitosana e hidroxipropilmetilcelulose em proporções variadas e posteriormente caracterizadas quanto a Tsol-gel, propriedades reológicas, de adesividade e de resistência. Definida a formulação, serão incorporados os fármacos e promotores de permeação, sendo avaliadas a liberação dos fármacos in vitro utilizando pele de cobra (3,5MWCO) e a permeação cutânea ex vivo utilizando pele de porco, estruturadas em células de difusão de Franz. Espera-se obter formulação termorresponsiva para administração cutânea capaz de veicular fármacos com diferentes solubilidades, e possibilitar o controle da liberação e favorecimento da permeação cutânea devido a ação de promotores de permeação. Esse projeto permitirá o fortalecimento da colaboração já existente entre a Universidade Federal de São Paulo e a The University of Queensland. Adicionalmente, a tecnologia aprendida na The University of Queensland será aplicada em futuros trabalhos a serem desenvolvidos no Brasil em estreita parceria com a universidade australiana. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)