Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização e monitoramento da fenologia da superfície terrestre da vegetação natural em terras secas

Processo: 23/02386-5
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 15 de junho de 2023
Vigência (Término): 14 de abril de 2024
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Conservação da Natureza
Pesquisador responsável:Yosio Edemir Shimabukuro
Beneficiário:Andeise Cerqueira Dutra
Supervisor: Alfredo Huete
Instituição Sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Technology, Sydney (UTS), Austrália  
Vinculado à bolsa:22/01746-5 - O impacto das mudanças climáticas na fenologia da vegetação natural em terras secas do Hemisfério Sul, BP.DR
Assunto(s):Aprendizado computacional   Sensoriamento remoto   Recursos florestais   Fenologia   Vegetação
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:machine learning | PhenoCams | Phenological metrics | Remote Sensing | Sensoriamento Remoto aplicado em Recursos Florestais

Resumo

A fenologia da vegetação é o estudo de padrões periódicos recorrentes de crescimento e desenvolvimento, e está ligada a muitos processos chave do respectivo ecossistema. A fenologia da vegetação pode, portanto, fornecer informações sobre os efeitos das mudanças climáticas e ambientais. Nesse contexto, a vegetação natural em terras secas desempenha um papel importante, pois está diretamente relacionada à segurança alimentar, à biodiversidade e a fatores socioeconômicos. A fenologia baseada em sensoriamento remoto (também conhecida como Land Surface Phenology - LSP) tem recebido destaque nas últimas décadas. No entanto, a aplicabilidade do LSP deve levar em consideração a variabilidade de fatores como características da vegetação, observações primárias de sensoriamento remoto e métodos de suavização e recuperação de métricas fenológicas. O principal objetivo deste projeto é melhorar o conhecimento de como a fenologia da vegetação em terras secas é detectada pelas plataformas de observação da Terra e desenvolver uma metodologia validada para recuperação de métricas LSP. Pretende-se usar dados locais de câmeras fenológicas pré-existentes (PhenoCams) em áreas de vegetação florestal, arbustiva, e gramíneas no Brasil e na Austrália, e séries temporais ópticas de sensoriamento remoto orbital (possivelmente incluindo produtos diários de reflectância e dados de fluorescência de clorofila). Métricas fenológicas serão recuperadas de diferentes algoritmos. O grupo de pesquisa no exterior irá contribuir significativamente no conhecimento sobre a integração do sensoriamento remoto orbital e sensoriamento remoto próximo e consequentemente aprimorar o conhecimento científico sobre os modelos de relacionamento entre clima e fenologia vegetal. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SHIMABUKURO, YOSIO EDEMIR; DE OLIVEIRA, GABRIEL; PEREIRA, GABRIEL; ARAI, EGIDIO; CARDOZO, FRANCIELLE; DUTRA, ANDEISE CERQUEIRA; MATAVELI, GUILHERME. Assessment of Burned Areas during the Pantanal Fire Crisis in 2020 Using Sentinel-2 Images. FIRE-SWITZERLAND, v. 6, n. 7, p. 14-pg., . (22/01746-5, 19/25701-8, 23/02386-5, 23/03206-0, 16/02018-2, 20/15230-5)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.