Busca avançada
Ano de início
Entree

Diversidade morfológica e evolução da ligula e da contralígula em Scleria e gêneros relacionados

Processo: 23/04155-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2023
Vigência (Término): 31 de outubro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Morfologia Vegetal
Pesquisador responsável:Gladys Flávia de Albuquerque Melo de Pinna
Beneficiário:Lucas Alves dos Santos
Supervisor: Thomas Haevermans
Instituição Sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Institut de Systématique, Evolution, Biodiversité (ISYEB), França  
Vinculado à bolsa:22/10640-6 - A conceituação de lígula e contralígula em Cyperaceae Juss. : um estudo anatômico e ontogenético no gênero Scleria P.J.Bergius, BP.IC
Assunto(s):Anatomia   Anatomia vegetal   Poales   Cyperaceae
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:anatomia | antilígula | Poales | pseudolígula | Anatomia Vegetal

Resumo

Cyperaceae é a segunda maior família de Poales, com cerca de 5700 espécies distribuídas em duas subfamílias e 95 gêneros. Essa família é caracterizada pelo caule trímero, a inflorescência característica em espigueta e a ausência de lígula. No entanto, alguns gêneros diferem dessa última característica, por exemplo, Fuirena Rottb., Carex L. and Scleria P.J.Bergius. Scleria é o sexto maior gênero da família, com espécies onde a lígula e a contralígula estão presentes. Tais estruturas são úteis na taxonomia do gênero, permitindo a caracterização de espécies e estando comumente presente em chaves de identificação. Como forma de entender a diversidade morfológica, exsicatas de um herbário internacional serão observadas. Serão registrados os caracteres morfológicos das duas estruturas e as exsicatas observadas serão fotografadas para posterior comparação. Os dados serão condensados em uma matriz de caracteres e comparados com a literatura disponível. Por fim, estimações de caráter ancestral serão feitas, com o objetivo de entender a evolução dos dos caracteres foliares. A informação obtida será útil para clarificar diversos aspectos quanto diversidade morfológica da lígula e da contralígula em Scleria. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)