Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise funcional de regiões C-terminal desordenadas (dCTRs) associadas a mono-oxigenases líticas de polissacarídeos (LPMO): caracterização bioquímica e avaliação de possíveis papéis na termoestabilidade enzimática e transferência de elétrons para o domínio LPMO

Processo: 23/09421-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Iniciação Científica
Vigência (Início): 29 de setembro de 2023
Vigência (Término): 28 de janeiro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Enzimologia
Pesquisador responsável:Fernando Segato
Beneficiário:Gabriel de Almeida Fozzati
Supervisor: Aniko Varnai
Instituição Sede: Escola de Engenharia de Lorena (EEL). Universidade de São Paulo (USP). Lorena , SP, Brasil
Local de pesquisa: Norwegian University of Life Sciences (NMBU), Noruega  
Vinculado à bolsa:22/14376-1 - Análise funcional de regiões desordenadas associadas a enzimas líticas de polissacarídeos (LPMO): Caracterização bioquímica e interação com a enzima celobiose desidrogenase (CDH), BP.IC
Assunto(s):Mono-oxigenases líticas de polissacarídeos   Biomassa vegetal   Sacarificação   Análise funcional   Oxirredução
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:CAZymes | Cdh | Electron transference | H2O2-microsensor mediated kinetics | Lpmo | Redox potential | Cazymes

Resumo

As mono-oxigenases líticas de polissacarídeos (LPMOs) estão ganhando importância na valorização de biomassa vegetal devido à sua capacidade de acelerar a sacarificação da biomassa em açúcares e criar grupos funcionais nas fibras de celulose. Como as LPMOs são uma descoberta relativamente recente, muitas de suas características ainda são desconhecidas, incluindo o papel das enigmáticas regiões C-terminais desordenadas (dCTRs), que parecem ser altamente abundantes nas LPMOs. O presente projeto de pesquisa de graduação tem como foco investigar a função até então desconhecida de uma dCTR em particular em AfAA9C, uma LPMO de Aspergillus fumigatus. Nosso objetivo é elucidar seu potencial papel na estabilidade da LPMO, bem como na interação da LPMO com a enzima parceira redox CDH, em relação às interações proteína-proteína e transferência de elétrons. O objetivo deste projeto BEPE é investigar essa interação por meio de várias abordagens, em colaboração com a Professora de Pesquisa Aniko Varnai e o Professor Vincent Eijsink, cujo grupo na Norwegian University of Life Sciences é pioneiro em pesquisas sobre LPMOs. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)