Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos de choques econômicos sobre evasão no ensino superior: evidências a partir da liberalização comercial no Brasil

Processo: 23/10322-7
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 26 de setembro de 2023
Vigência (Término): 25 de março de 2024
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia - Economia Internacional
Pesquisador responsável:Emanuel Augusto Rodrigues Ornelas
Beneficiário:Lucas de Castro Mariano
Supervisor: Tiago Vanderlei de Vasconcelos Cavalcanti
Instituição Sede: Escola de Economia de São Paulo (EESP). Fundação Getúlio Vargas (FGV). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Cambridge, Inglaterra  
Vinculado à bolsa:21/14505-3 - Efeitos de choques econômicos sobre evasão no ensino superior: evidências a partir da liberalização comercial no Brasil, BP.DR
Assunto(s):Brasil   Ensino superior   Liberalização comercial   Educação   Evasão escolar
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Brasil | Ensino Superior | Evasão | Liberalização Comercial | Educação

Resumo

Este projeto de pesquisa visa estudar a ligação entre choques comerciais e decisões educacionais, em particular, os efeitos da liberalização comercial brasileira em 1991 sobre as taxas de evasão do ensino superior. O choque comercial no Brasil teve consequências negativas sobre o mercado de trabalho, acarretando tanto um efeito renda quanto um efeito substituição nas escolhas educacionais. É utilizado um instrumento do tipo shift-share, combinando cortes tarifários e emprego entre os setores de uma região, para medir a exposição da economia local ao choque comercial. Os resultados em andamento mostram que as regiões mais expostas aos cortes tarifários exógenos experimentaram um aumento relativo permanente nas taxas de evasão de 7\% vinte anos após a reforma comercial. Além disso, calcula-se diferentes medidas de choque tarifário regional para trabalhadores adultos e jovens para separar os efeitos renda e substituição do choque comercial. Estima-se que o efeito líquido das tarifas sobre a evasão é explicado principalmente pelo impacto sobre os trabalhadores adultos, sugerindo que o efeito renda mais do que compensa o efeito substituição na determinação do impacto dos cortes tarifários. Espero continuar minha pesquisa como aluno visitante na Faculdade de Economia da Universidade de Cambridge sob a supervisão dos professores Tiago Cavalcanti e Meredith Crowley. Lá, pretendo desenvolver as próximas etapas da pesquisa, que compreendem: investigar o efeito da liberalização sobre i) a incidência de ociosidade entre os jovens e ii) o mercado de trabalho informal para jovens trabalhadores; iii) o desenvolvimento de um modelo teórico de escolha educacional para descrever como um choque econômico afeta a matrícula e a evasão no ensino superior; iv) analisar uma possível extensão da pesquisa sobre choque comercial e tendências de mobilidade intergeracional no Brasil. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)