Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise do desempenho de sobretensões transitórias em linhas de transmissão de alta e extra alta tensão, considerando o efeito corona, poluição nas cadeias de isoladores e linhas instaladas em altitudes elevadas

Processo: 23/11009-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 03 de fevereiro de 2024
Vigência (Término): 02 de fevereiro de 2025
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Sistemas Elétricos de Potência
Pesquisador responsável:Jose Pissolato Filho
Beneficiário:Jaimis Sajid Leon Colqui
Supervisor: Filipe Miguel Faria da Silva
Instituição Sede: Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa: Aalborg University (AAU), Dinamarca  
Vinculado à bolsa:21/06157-5 - Estudo estatístico das sobretensões transitórias em sistemas de potência: modelagem de linhas de transmissão de EAT e sistemas de aterramento em solos com parâmetros variáveis com a frequência, BP.PD
Assunto(s):Mudança climática   Método transiente eletromagnético   Altitude   Linhas de transmissão de energia elétrica   Sobretensões
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Corona Effect | Electromagnetic transients | High altitude | Performance of transmission lines | Pollution in the insulator string | Transmission lines | Transient overvoltage performance

Resumo

O crescente efeito das mudanças climáticas tem exigido a investigação de seu impacto negativo nos sistemas de energia elétrica. Uma das partes mais vulneráveis do sistema elétrico às condições climáticas são as linhas de transmissão (LTs). Entre as tecnologias de LT, os sistemas de transmissão de Alta Tensão (AT) e Extra Alta Tensão (EAT) têm ganhado destaque recentemente devido à sua capacidade de transmissão de energia. Além disso, os sistemas elétricos interconectados em países de todo o mundo têm demandado a construção de LTs de EAT. Um dos desafios enfrentados em vários países é a ampla variedade de condições atmosféricas, que pode resultar em correntes de alta amplitude e causar o efeito corona. Esse fenômeno não linear provoca um aumento do campo elétrico ao redor do condutor da LT, levando à ionização do ar ao seu redor. Consequentemente, esse efeito corona pode impactar o desempenho das LTs, causando sobretensões durante manobras ou descargas atmosféricas. Outro fator crucial que afeta o desempenho das LTs é a poluição, especificamente na cadeia de isoladores. Isoladores poluídos podem afetar o desempenho das LTs (precisamente a taxa de desligamento por sobretensão) sujeitas a sobretensões devido a manobras ou descargas atmosféricas, o que pode ser muito prejudicial para LTs de AT e EAT, especialmente no caso de uma cadeia de isoladores poluída. Além disso, algumas LTs atravessam altitudes de até 5000 metros acima do nível do mar, especialmente em países como os localizados na América do Sul. No entanto, os fatores de correção atmosféricos existentes, incluindo aqueles para cadeias de isoladores, são fornecidos apenas pelas normas IEC e IEEE para linhas instaladas em altitudes de até 2000 metros acima do nível do mar. Essa lacuna de informação requer uma investigação mais aprofundada. Nesse contexto, este projeto tem como objetivo investigar o impacto dos efeitos de corona, níveis de poluição na cadeia de isoladores e LTs operando em altitudes de até 5000 metros acima do nível do mar, na sobretensão da cadeia de isoladores e, consequentemente, no desempenho da LT devido ao fenômeno de desligamento por sobretensão em LTs de AT e EAT. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)