Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos efeitos de extrato de folhas de Casearia sylvestris Swartz e diterpeno clerodânico no tratamento da periodontite experimental e lesão de palato induzidas em ratos

Processo: 22/13096-5
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2023
Vigência (Término): 31 de março de 2026
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Pesquisador responsável:Joni Augusto Cirelli
Beneficiário:Angélica Letícia Reis Pavanelli
Instituição Sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Casearia sylvestris   Inflamação   Mucosa bucal   Periodontite   Reabsorção óssea
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:casearia sylvestris | Dipertenos clerodânicos | Inflamação | mucosa bucal | Periodontite | Reabsorção ossea | Periodontia

Resumo

A periodontite é uma doença inflamatória crônica, mediada e modulada pelo hospedeiro, causada pela presença de um biofilme disbiótico em íntimo contato com os tecidos gengivais. Quando não tratada, a periodontite leva à destruição dos tecidos de suporte do dente, podendo culminar na perda dos elementos dentários. A administração de compostos naturais como terapia complementar para as doenças periodontais (DPs) têm se mostrado favorável no decorrer dos últimos anos e estudos avaliando os efeitos benéficos de tais compostos na modulação da resposta imune do hospedeiro, mostraram seus efeitos anti-inflamatório, antirreabsortivo e reparador, o que pode classificar tais compostos naturais como possíveis abordagens terapêuticas adjuvantes para DPs. Casearia sylvestris Sw. (Salicaceae) é uma espécie vegetal arbórea ou arbustiva chamada popularmente de guaçatonga, utilizada tradicionalmente como antisséptico, febrífugo, depurativo, anestésico tópico, antiulcerativo, antirreumático, antidiarreico e anti-inflamatório. Diversos estudos têm apontado os efeitos benéficos da C sylvestris com atividade anti-inflamatória, antimicrobiana, efeito na modulação da produção de óxido nítrico e até mesmo inibição da proliferação tumoral. Nesse projeto, investigaremos as atividades farmacológicas anti-inflamatórias e antioxidantes do extrato de C. sylvestris, além de seu efeito na progressão da perda óssea alveolar, na periodontite induzida, e no processo de reparação da mucosa mastigatória bucal, por meio de modelos de estudo in vivo, possibilitando avanços nos estudos farmacológicos e podendo contribuir com desenvolvimento e produção de um fitoterápico futuro.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)