Busca avançada
Ano de início
Entree

Mapeamento espaço-temporal da dinâmica do estoque de carbono orgânico do solo no brasil e do potencial produtivo do mundo

Processo: 23/11467-9
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2024
Vigência (Término): 30 de setembro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:José Alexandre Melo Demattê
Beneficiário:Nícolas Augusto Rosin
Supervisor: Alex McBratney
Instituição Sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Sydney, Austrália  
Vinculado à bolsa:21/10063-6 - Mapeamento espaço-temporal 2.5d do estoque de carbono orgânico dos solos do brasil, BP.DR
Assunto(s):Agricultura sustentável   Monitoramento ambiental   Mudança climática   Pedometria   Sensoriamento remoto
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Agricultura Sustentável | mapeamento digital de solos | Monitoramento ambiental | Mudanças Climáticas | Pedometria | Sensoriamento Remoto | Geotecnologias, Pedometria e Sensorimento Remoto Aplicado a Solos

Resumo

O mapeamento digital de informações do solo é chave para a segurança alimentar. O carbono orgânico do solo (COS) é fundamental para a produção das culturas e está associado as mudanças climáticas. O potencial produtivo do solo (SoilPP) permite entender onde a produtividade agrícola pode ser melhorada. Nós tivemos como objetivo mapear a distribuição espaço-temporal do estoque de COS nos solos brasileiros e o SoilPP para as áreas agrícolas do mundo. Nó obtivemos um banco de dados temporal com observações do solo e covariáveis (estáticas e dinâmicas) para o território brasileiro. Um banco de dados de observações de solo e covariáveis para as áreas agrícolas do mundo estão sendo obtidos. O estoque de COS vai ser mapeado de 1984 até 2023, para períodos de 5 anos usando mapeamento digital de solos (MDS). Para isso, um único modelo vai ser calibrado, o qual vai ser usado para predizer o estoque de COS, por meio de covariáveis dinâmicas para cada período. Os mapas finais vão ser validados com mapas existentes e pontos amostrais. Nós esperamos obter mapas temporais do estoque de COS em escala detalhada para o território brasileiro, os quais podem servir de subsidio para politicas publicas para agricultura de baixo C e mitigação das mudanças climáticas. O índice SoilPP vai ser calculado, baseando-se em atributos do solo, relevo e clima em escala global, usando métodos de pontuação e análise de componentes principais. Então, o SoilPP será mapeado para as áreas agrícolas do mundo via MDS. Os mapas de SoilPP vão ser validados por dados de produtividade real e dados de lacunas de produção. O SoilPP vai permitir avaliar a situação das áreas agrícolas do mundo permitindo a intensificação sustentável da agricultura. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)