Busca avançada
Ano de início
Entree

Dispositivo lateral flow vestível para a determinação colorimétrica de Dermicidina em suor

Processo: 23/15245-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2024
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2025
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Laís Canniatti Brazaca
Beneficiário:Isadora Muriana de Arêa Lima Pereira
Instituição Sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Colorimetria   Microfluídica   Suor   Técnicas biossensoriais
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Biossensores vestíveis | colorimetria | dermidicina | Lateral Flow | Microfluídica | Suor | Biossensores

Resumo

Os biossensores vestíveis têm recebido considerável atenção devido à sua capacidade de quantificar diferentes analitos em tempo real de maneira simples e não invasiva, trazendo importantes informações às áreas de saúde, esportes, alimentação e segurança. Encontram-se descritos na literatura dispositivos capazes de realizar análises de diferentes biofluidos - como lágrimas, suor e saliva. Tais dispositivos, porém, comumente se limitam à detecção de eletrólitos, moléculas eletroquimicamente ativas ou à pequenas moléculas como a glicose, o etanol e o lactato. Nesse sentido, ainda não são descritos na literatura biossensores vestíveis capazes de analisar biomarcadores proteicos específicos. Tal linha de pesquisa é de grande importância visto que tais dispositivos poderiam auxiliar no diagnóstico não invasivo de milhares de doenças importantes como diversos tipos de câncer, neuropatias e doenças infecciosas, entre outras. Dessa maneira, propõe-se o desenvolvimento de biossensores colorimétricos vestíveis baseados na adaptação da técnica lateral flow para a análise de biomarcadores proteicos em suor de maneira simples, rápida e de baixo custo. Nesse sentido, a coleta e análise da amostra será realizada em um dispositivo microfluídico flexível colado sobre a pele do usuário. Pretende-se usar como analito modelo a dermidicina, proteína relacionada a diversos tipos de câncer e que pode ser encontrada em concentrações da ordem de µg/mL em suor. Neste projeto, pretende-se construir e otimizar o biossensor utilizando medidas in vitro. Espera-se, em projetos futuros, aplicar tais dispositivos em medidas on body em voluntários com diferentes condições de saúde, obtendo dados de relevância clínica sobre a composição do suor, gerando impacto principalmente na área de saúde.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)