Busca avançada
Ano de início
Entree

Vegetação e clima do holoceno no arquipélago de anavilhanas - rio negro, amazônia

Processo: 23/17642-7
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 27 de fevereiro de 2024
Vigência (Término): 25 de julho de 2024
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências
Pesquisador responsável:Paulo Eduardo de Oliveira
Beneficiário:Erika do Socorro Ferreira Rodrigues
Supervisor: Guo-Dong Wang
Instituição Sede: Instituto de Geociências (IGC). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Kunming Institute Of Zoology, Chinese Academy Of Sciences, China  
Vinculado à bolsa:22/06221-8 - Vegetação e clima do holoceno no arquipélago de Anavilhanas-Rio Negro, Amazônia, BP.PD
Assunto(s):Amazônia   Clima   Holoceno
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Amazonia | clima | Florestas de Igapó | Holoceno | Micropartículas carbonizadas | Palinologia e Diatomáceas | Reconstrução Paleoambiental

Resumo

No baixo curso do Rio Negro está localizado o Arquipélago de Anavilhanas, norte da Bacia Amazônica. O Arquipélago de Anavilhanas é um dos maiores sistemas de ilhas fluviais da Terra e é coberto por Florestas de Igapó. No entanto, a formação das Florestas de Igapó e o registro da atividade de populações antigas nesta região são desconhecidas, principalmente durante o Holoceno. Os sedimentos com alto teor de matéria orgânica dos lagos localizados no interior dessas ilhas funcionam como um importante arquivo das mudanças ambientais e climáticas ocorridas na Bacia do Rio Negro. Portanto, reconstituições ambientais com base nesses depósitos sedimentares têm o potencial de elucidar à evolução das Florestas de Igapó e documentar as atividades de populações humanas pré-coloniais em relação às variações do clima do passado.Este projeto de Pós-doutorado tem como objetivo reconstituir a história holocênica do Arquipélago de Anavilhanas - Rio Negro (Amazônia) usando uma abordagem paleoecológica e climática aplicada a sedimentos lacustres (Lago Pacú) e está vinculado ao projeto "JP-2 FAPESP 2018/15123-4 (PPTEAM)". Para tal, serão realizadas análises multi-proxies (pólen, diatomáceas, estratigrafia, isótopos estáveis de C, N e micropartículas carbonizadas) em um testemunho sedimentar NGR07 (677 cm de profundidade) coletado no Lago Pacú, coração de Anavilhanas.O testemunho NGR07 cobre os últimos 10.000 anos cal AP, determinado por idade radiocarbono. Os resultados esperados desta pesquisa inédita e pioneira fornecerão uma base de dados abrangente para aprofundar nossa compreensão da história das Florestas de Igapó, das variações climáticas do noroeste da Amazônia e das atividades de populações humanas précoloniais durante o Holoceno. Adicionalmente, os resultados contribuirão para o atingimento dos objetivos do projeto JP-2 FAPESP 2018/15123-4 (PPTEAM), ao qual esta proposta está vinculada.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)