Busca avançada
Ano de início
Entree

Melanina como aditivo em eletrólitos de hidrogel para aplicação em supercapacitores

Processo: 23/14464-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2024
Vigência (Término): 30 de abril de 2025
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Carlos Frederico de Oliveira Graeff
Beneficiário:João Victor Morais Lima
Supervisor: Hadis Zarrin
Instituição Sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Local de pesquisa: Toronto Metropolitan University (TMU), Canadá  
Vinculado à bolsa:21/03379-7 - Aplicação de Novos Materiais como Eletrodo em Supercapacitores Flexíveis, BP.DR
Assunto(s):Armazenamento de energia   Melaninas   Supercapacitores
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Armazenamento de Energia | Eletrólitos hidrogel | Melanina | Supercapacitores flexíveis | Supercapacitores

Resumo

Supercapacitores flexíveis (FSCs) são um dos dispositivos de armazenamento de energia eletroquímica mais promissores devido à sua alta densidade de potência, alta faixa de temperatura e longo ciclo de vida. A fabricação de FSCs exige a utilização de eletrólitos com alta condutividade iônica, flexíveis e com baixa resistência interfacial entre o eletrodo e o eletrólito. Os tipos mais comuns de eletrólitos usados para esta aplicação são eletrólitos em géis. Porém, esse tipo de eletrólito ainda apresenta alguns desafios, como sua baixa condutividade iônica. Assim, a síntese de novos eletrólitos de alto desempenho tem sido foco entre os pesquisadores. A utilização de materiais redox-ativos como aditivos tem sido uma estratégia promissora para obtenção de eletrólitos com alta condutividade iônica e dispositivos de alto desempenho. A melanina é um material que tem sido muito explorado em sistemas de armazenamento de energia pseudocapacitivos devido às diversas formas redox de sua estrutura, propriedade de quelação de metais e alta condutividade iônica. Neste contexto, este projeto propõe, pela primeira vez, o estudo de melaninas solúveis em água como aditivo em hidrogéis para aplicação como eletrólito em FSCs. Os hidrogéis utilizados serão à base de carboximetilcelulose/ácido cítrico ou à base de álcool polivinílico. Assim, a influência das características físicas, químicas, eletroquímicas e reológicas dos hidrogéis nas características dos FSCs será avaliada em termos de capacitância específica, densidade de energia e potência e ciclo de vida.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)