Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização do potencial de novas espécies bacterianas no controle biológico de microrganismos fitopatogênicos

Processo: 23/12729-7
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2024
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2025
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:María Eugenia Guazzaroni
Beneficiário:Sarah Tasinafo Lopes
Instituição Sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Agricultura sustentável   Bactérias   Bioeconomia   Controle biológico
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Agricultura Sustentável | bacteria | bioeconomia | Bioinsumos | Controle Biológico | bactérias, controle biológico

Resumo

A bioeconomia promove o uso de produtos biológicos em vez de combustíveis fósseis, visando o crescimento econômico sustentável. Na agricultura, a inovação tecnológica é essencial para controlar pragas e doenças de forma a evitar impactos ambientais negativos da indústria agroquímica. Nesse contexto, o controle biológico, utilizando organismos, também desempenha um papel importante, especialmente no Brasil que, com sua biodiversidade, possui potencial para destacar-se no mercado de bioinsumos e promover práticas agrícolas sustentáveis. Com isso, o uso de compostos orgânicos voláteis microbianos (VOCs) na agricultura é uma tecnologia que também ganha destaque, reduzindo o uso de pesticidas químicos e melhorando a resistência das plantas. A presente proposta visa a caracterização do potencial de novas espécies bacterianas no controle biológico de microrganismos fitopatogênicos e na identificação de microrganismos benéficos para plantas. Assim, se busca conhecer se essas bactérias produzem VOCs ou biomoléculas solúveis com potencial para controlar bactérias fitopatogênicas e bactérias benéficas. Em particular, será analisado o efeito dos VOCs e compostos solúveis bacterianos de 10 bactérias (previamente isoladas no laboratório receptor) sobre o crescimento das bactérias patogênicas Xanthomonas vesicularis e Erwinia billingiae e das bactérias benéficas Streptomyces microflavus, Ensifer sesbaniae e Bacillus thuringiensis. Também, serão realizados testes de produção de sideróforos e fitohormônios, formação de biofilme e solubilização de fosfato, a fim de verificar a potencialidade dessas bactérias como bactérias benéficas para as plantas. Por fim, com as bactérias mais promissoras, serão feitos testes em cultivos de plantas com a espécie Brachiaria brizantha na intenção de avaliar parâmetros como: biomassa seca, crescimento vertical total das plantas, da raiz, do caule e das folhas.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)