Busca avançada
Ano de início
Entree

Política Externa e Questões de Gênero: comparando o Norte e o Sul Global

Processo: 23/12583-2
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2024
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2025
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política - Política Internacional
Pesquisador responsável:Janina Onuki
Beneficiário:Giovanna de Jesus Santana
Instituição Sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:20/07129-2 - GENDER STI: igualdade de gênero em ciência, tecnologia e inovação: diálogos bilaterais e multilaterais, AP.TEM
Assunto(s):Ciência e tecnologia   Cooperação internacional   Diplomacia científica   Gênero
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Ciência e Tecnologia | Cooperação Internacional | Diplomacia Científica | Gênero | sul global | Diplomacia Científica

Resumo

Diversas pesquisas têm destacado a relevância das discussões, no campo das Relações Internacionais, acerca do desequilíbrio de gênero em papéis de tomada de decisão e em ambientes representativos de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) que têm interface com o processo de internacionalização e com diálogos bilaterais e multilaterais.Alguns países têm levado este debate para o campo da política externa, e observado a necessidade de inclusão de mais mulheres neste campo, a fim de ampliar a participação no processo decisório em ambientes internacionais e torna-los mais democráticos, tanto no que se refere à participação em processos de negociação, quanto na formulação e implementação de políticas públicas que se preocupem mais em atender uma interação que é cada vez mais complexa e diversa.Este projeto de Iniciação Científica tem como objetivo contribuir com o campo da análise de política externa, observando a atuação dos países em organizações da América Latina e União Europeia, por uma perspectiva de gênero. Por meio de um estudo de políticas externas comparadas, a pesquisa se concentrará na análise da agenda e da estrutura de liderança em política externa. Inicialmente, dois estudos de caso serão conduzidos: México e Suécia.O escopo desta pesquisa abarca a identificação dos principais espaços estratégicos e as causas subjacentes à assimetria de gênero. Através dessa investigação, almeja-se contribuir substantivamente para o desenvolvimento de políticas direcionadas à correção dessas assimetrias de gênero, visando a promover uma maior igualdade nas esferas de tomada de decisão política externa. A pesquisa se beneficiará de toda discussão que tem sido levada no âmbito do projeto temático da FAPESP.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)