Busca avançada
Ano de início
Entree

Índice de qualidade da alimentação brasileira nova e o impacto na saúde do consumo de alimentos ultraprocessados

Processo: 23/14865-5
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 08 de maio de 2024
Vigência (Término): 07 de maio de 2025
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Pesquisador responsável:Maria Laura da Costa Louzada
Beneficiário:Thays Nascimento Souza
Supervisor: Camille Lassale
Instituição Sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Instituto De Salud Global De Barcelona, Espanha  
Vinculado à bolsa:21/14782-7 - Métrica de saudabilidade da alimentação segundo o processamento industrial de alimentos: um índice baseado no guia alimentar para a população brasileira, BP.DR
Assunto(s):Obesidade   Validação
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Análise populacional | obesidade | Saúde | Ultraprocessados | validação | Desenvolvimento e validação de instrumentos

Resumo

O Índice de Qualidade da Dieta Brasileira Nova (Nova-BDQI) foi desenvolvido pelo candidato a doutorado e seu orientador. Este índice foi criado para avaliar a adesão da dieta brasileira às recomendações do Guia Alimentar para a População Brasileira, lançado em 2014. O principal objetivo desta proposta de pesquisa para um estágio no exterior é validar o Nova-BDQI utilizando métodos estatísticos para avaliar suas propriedades psicométricas. Essa validação será realizada sob a supervisão de um especialista e no Instituto de Saúde Global de Barcelona, renomado por sua excelência. Dados de participantes do estudo de coorte NutriNet-Brasil, um estudo online com mais de 108.000 participantes adultos de todo o Brasil, serão utilizados para esse processo de validação. Devido à experiência e interesse do candidato a doutorado e seu orientador no processamento de alimentos, o segundo objetivo é investigar o impacto do processamento de alimentos na obesidade e nos resultados cardiometabólicos em participantes do estudo de coorte Genomes for Life, Um Estudo Prospectivo dos Genomas da Catalunha (GCAT). Essa análise envolverá quase 20.000 participantes com idades entre 40 e 65 anos no início e avaliará a incidência de obesidade e resultados cardiometabólicos na população do GCAT relacionados a um maior consumo de alimentos ultraprocessados.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)