Busca avançada
Ano de início
Entree

Adaptação transcultural para o português-brasil e verificação das propriedades de medida do pain stages of change questionnaire (psocq)

Processo: 23/14156-4
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2024
Vigência (Término): 30 de abril de 2025
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Thaís Cristina Chaves
Beneficiário:Roger Berg Rodrigues Pereira
Instituição Sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Dor lombar   Estudos de validação   Inquéritos e questionários   Medição da dor
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Dor lombar | estudo de validação | Inquéritos e Questionários | Medição da Dor | Modelo Transtórico | Fisioterapia Ortopédica

Resumo

Embora as evidências apoiem a eficácia dos tratamentos que melhoram o autogerenciamento da dor crônica, a eficácia desses tratamentos possa estar influenciada pela prontidão do indivíduo para a adoção de uma estratégia de auto-gerenciamento. O Pain Stage of Change Questionnaire (PSOCQ) é uma medida que se mostrou confiável e válida da prontidão do paciente para o autogerenciamento da dor em outros países. No entanto, ainda não existe uma versão brasileira do PSOCQ. O objetivo desse estudo será realizar a adaptação transcultural para o Português-brasileiro e verificar as propriedades de medida (validade estrutural, consistência interna, confiabilidade e medida de erro, validade de construto) do PSOCQ em indivíduos com dor lombar crônica (DLC). O estudo envolverá um total de 130 participantes diagnosticados com DLC. O processo de adaptação transcultural ocorrerá em cinco etapas: tradução inicial, síntese de tradução, retrotradução, reunião de comitê de especialistas e teste da versão pré-final, que será realizado com uma amostra inicial de 30 participantes. Após a conclusão do teste da versão pré-final, toda a amostra (n=100) será considerada na etapa de verificação das propriedades de medida. O Coeficiente de Correlação Intraclasse (CCI) será utilizado para análise da confiabilidade. Para a validade estrutural, a análise fatorial confirmatória (AFC) será empregada. O erro padrão de medida será calculado pela fórmula EPM = DP x (1-CCI). A mínima mudança detectável será calculada considerando MDD = 1.96 x 2 x EPM. O coeficiente de correlação de Spearman será utilizado para comparar as pontuações do PSOCQ com os demais instrumentos. Correlações e .50 para instrumentos que mensuram o mesmo construto, .30 a .50 para os que mensuram construtos dissimilares, mas correlacionados e < .30 para os que não se relacionam. Espera-se disponibilizar uma ferramenta adequada para medir a prontidão dos pacientes em adotar o autogerenciamento da DLC.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)