Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de receptores de superfície de células beta senescentes

Processo: 24/00451-7
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2024
Vigência (Término): 30 de setembro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Histologia
Pesquisador responsável:Luis Antonio Justulin Junior
Beneficiário:Ana Beathriz Leite Lorente
Supervisor: Cristina Aguayo-Mazzucato
Instituição Sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Local de pesquisa: Harvard University, Boston, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:23/06412-0 - Avaliação do perfil proteômico das ilhotas pancreáticas isoladas da prole submetida à restrição proteica materna: possíveis relações com o metabolismo, BP.MS
Assunto(s):Envelhecimento   Pâncreas   Endocrinologia
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:aging | beta cell | Cell surface receptors | Pâncreas | senescence | Endocrinologia

Resumo

O aumento do envelhecimento da população tem levado ao surgimento de doenças crónicas como as síndromes metabólicas (SM), caracterizadas por uma complexidade de fatores de risco associados à diabetes mellitus tipo 2 (DM2). O DM2 tornou-se uma das doenças crônicas mais prevalentes da atualidade, definida por concentrações elevadas de glicose no sangue resultantes da resistência à insulina, de comprometimentos na secreção de insulina ou da associação de ambos. A perda e/ou disfunção de células produtoras de insulina (células beta) é uma assinatura do diabetes, e o acúmulo de células beta senescentes contribui para sua patologia. A investigação dos mecanismos de senescência molecular e das vias de sinalização nas células beta é crucial para o avanço das abordagens terapêuticas em diferentes tipos de diabetes. Este projeto tem como objetivo específico a identificação de receptores de superfície de células beta senescentes em modelo transgênico de camundongo e tecido pancreático humano. Para isso, rastrearemos células beta senescentes separando as células p21+ das células p21-. Em seguida, investigaremos seus níveis de mRNA e proteína utilizando marcadores expressos em células beta senescentes, encontrados através de RNA-Seq, e validaremos os achados em ilhotas pancreáticas humanas. Os insights derivados deste estudo são considerados essenciais para a compreensão dos marcadores da senescência das células beta.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)