Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do carregamento assimétrico de uma carga adicional progressiva no controle da locomoção em idosos caidores

Processo: 23/09211-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2024
Vigência (Término): 30 de junho de 2025
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Renato de Moraes
Beneficiário:Laís Mello Serafim
Instituição Sede: Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto (EEFERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Controle motor   Comportamento motor
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Controle da Locomoção | Controle Motor | Locomoção adaptativa | Comportamento Motor

Resumo

Idosos caidores apresentam menor desempenho na marcha, problemas de equilíbrio e pior percepção de verticalidade do que idosos não caidores. Durante a locomoção, três estratégias de controle do equilíbrio dinâmico são usadas: antecipatório, preditivo e reativo. Carregar uma carga de forma assimétrica (i.e., somente em um dos lados do corpo), por exemplo, sacolas, bolsas, entre outros), implica em desestabilização postural se o controle preditivo não estimar corretamente a magnitude da perturbação gerada por essa carga e os torques musculares e outras adaptações posturais necessários para contrabalançar essa perturbação, permitindo a manutenção da estabilidade postural. Ainda, pouco se sabe sobre o funcionamento do controle preditivo em idosos caidores. Dessa forma, questiona-se se idosos caidores apresentam um funcionamento adequado do controle preditivo durante a marcha e se esse controle escalona corretamente as adaptações necessárias em função da carga transportada? Participarão desse estudo 15 idosos (65-85 anos) com histórico de quedas nos últimos seis meses. Eles caminharão sobre uma superfície plana (distância de 9 m) em seis condições experimentais: andar sem carregar um halter e andar carregando um halter com a mão dominante (2%, 4%, 6%, 8% e 10% da massa corporal do participante). Trinta e nove marcadores corporais (modelo Plug-in Gait Full Body Model) serão afixados em pontos anatômicos específicos nos participantes e dois marcadores adicionais serão colocados no halter. Os marcadores serão rastreados por um sistema de captura de movimento composto por nove câmeras. Serão analisados a margem de estabilidade na direção mediolateral a partir do cálculo do centro de massa extrapolado, os ângulos de inclinação lateral do tronco e de flexão-extensão do ombro, além da atividade eletromiográfica de músculos do tronco e de membros inferiores. Serão realizadas análises de variância para um fator (seis condições: sem carga, com carga: halter com 2%, 4%, 6%, 8%, 10% da massa corporal) com medidas repetidas. Serão usadas comparações pré-planejadas para investigar o efeito da progressão de carga, bem como o efeito do transporte de carga. O nível de significância adotado será de 0,05.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)