Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da Identificação Auxiliada por Fluorescência na remoção de restaurações posteriores envelhecidas

Processo: 24/01142-8
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2024
Vigência (Término): 30 de abril de 2025
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Ticiane Cestari Fagundes
Beneficiário:Joyce Sayuri Akazaki
Instituição Sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Dentina   Envelhecimento   Esmalte dentário   Fluorescência   Resinas compostas   Dentística restauradora
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:dentina | Envelhecimento | esmalte dental | fluorescência | resina composta | restaurações | Dentística Restauradora

Resumo

A técnica de identificação auxiliada por fluorescência (IAF) tem sido proposta paraauxiliar na remoção de restaurações posteriores de resina composta; no entanto, oenvelhecimento do material restaurador pode interferir negativamente nesta técnica. Oobjetivo deste estudo será avaliar o efeito de dois protocolos de envelhecimento da resinacomposta na remoção de restaurações de posteriores utilizando a técnica IAF. Sessentaincisivos bovinos serão selecionados e divididos em 6 grupos, de acordo com o tipo deenvelhecimento (ausente - A; pigmentação com café solúvel - P; e exposição à fumaça decigarro - C) e método de remoção (convencional - CON ou IAF). A face vestibular das coroasdos dentes será planificada e serão escaneadas (T0). Preparos cavitários medindo 4x4mmcom profundidade de 0,5mm serão realizados e submetidos a um novo escaneamento (T1).As restaurações serão confeccionadas com sistema adesivo e resina composta. Em seguida,serão pigmentadas com café solúvel durante 12 dias ou expostas a fumaça de cigarro durante5 dias. A remoção das restaurações de resina composta será realizada por outro operadorutilizando a técnica convencional ou IAF e em seguida, os espécimes serão novamenteescaneados (T2). As áreas de desgaste dentário, área de presença de resíduos de resinacomposta e a média entre desgaste adicional e presença de resíduo de resina entre T2 e T1serão avaliados. Os dados serão submetidos ao teste estatístico de normalidade ehomogeneidade e analisados com ANOVA a dois critérios e pós-teste de Tukey (p<0,05).

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)