Busca avançada
Ano de início
Entree

Detecção de microplásticos na presença de corantes sintéticos utilizando substratos SERS à base de celulose e nanopartículas de prata

Processo: 23/18367-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2024
Vigência (Término): 31 de agosto de 2027
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Carlos José Leopoldo Constantino
Beneficiário:Marcelo José dos Santos Oliveira
Instituição Sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/22214-6 - Rumo à convergência de tecnologias: de sensores e biossensores à visualização de informação e aprendizado de máquina para análise de dados em diagnóstico clínico, AP.TEM
Assunto(s):Detecção   Microplásticos   Polietileno   Espectroscopia Raman amplificada por superfície
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Detecção | Microplásticos | poliamida 6 | polietileno | Sers | Interação da radiação com a matéria

Resumo

Os plásticos tornaram-se materiais indispensáveis no cotidiano dos seres humanos devido à sua alta versatilidade, aplicabilidade e baixo custo, sendo utilizados em produtos hospitalares, embalagens, brinquedos, automóveis, etc. Consequentemente, tal uso tem resultado na presença de resíduos desses materiais no meio ambiente, levando à formação dos microplásticos (MPs), que surgem a partir da degradação física, química e/ou biológica dos macroplásticos. Devido à sua capacidade bioacumulativa e biopersistente, os MPs podem causar problemas aos seres vivos. Além disso, podem atuar como "cavalo de Troia", carregando outros contaminantes que adsorvem em sua superfície, amplificando os efeitos negativos destes poluentes. Desta forma, este projeto de doutorado envolve duas vertentes principais: i) detecção de MPs na presença e na ausência de corantes via espalhamento Raman amplificado em superfície (SERS). Foram escolhidos os MPs do polietileno (PE - potencial zeta negativo) e da poliamida 6 (PA 6 - potencial zeta positivo) devido ao alto nível de resíduos destes polímeros no meio ambiente. Em função dos potenciais zeta destes MPs, o azul de metileno e a ftalocianina serão utilizados como sondas SERS e representantes de corantes catiônicos e aniônicos, respectivamente, utilizados nas indústrias têxtil. Os substratos SERS serão otimizados a partir de suspensões de microfibras de celulose (MFC - carregadas positiva ou negativamente) contendo nanopartículas de Ag (AgNPs - carregadas negativamente) em sua superfície. Portanto, por meio do balanço de cargas envolvendo as MFC, as AgNPs, os MPs e os corantes pretende-se concentrar os MPs dispersos em meio aquoso, melhorando as chances de sua detecção. ii) Determinar em nível molecular as interações dos MPs com os corantes, com as AgNPs e com as MFC, buscando assim otimizar o processo de detecção via SERS. As interações serão investigadas por espectroscopias Raman, SERS, absorção no infravermelho e no ultravioleta-visível, além de potencial zeta e microscopia eletrônica. Este doutorado é vinculado ao projeto Temático FAPESP 2018/22214-6 e prevê a realização de estágio BEPE (12 meses) em Vitoria, Canada, sob supervisão do Prof Alexandre Brolo.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)