Busca avançada
Ano de início
Entree

Comunicação Científica em Gender STI

Processo: 24/00605-4
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Programa Jornalismo Científico
Vigência (Início): 01 de junho de 2024
Vigência (Término): 30 de novembro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política - Política Internacional
Pesquisador responsável:Janina Onuki
Beneficiário:Ana Carolina Ribeiro de Paula
Instituição Sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:20/07129-2 - GENDER STI: igualdade de gênero em ciência, tecnologia e inovação: diálogos bilaterais e multilaterais, AP.TEM
Assunto(s):Ciência e tecnologia   Comunicação científica   Diplomacia   Gênero   Diplomacia científica
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:acordos internacionais | Ciência e Tecnologia | Comunicação Científica | Diplomacia | Gênero | Diplomacia Científica

Resumo

A presente proposta consiste na produção de conteúdo e na divulgação científica do projeto Gender Equality in Science, Technology and Innovation Bilateral and Multilateral Dialogues (GENDER STI), assim como de seus resultados e pesquisadores para o grande público, mediante a produção de postagens para os perfis do projeto em redes sociais. A proposta se apresenta como forma de possibilitar o acesso da sociedade às contribuições de estudos sobre o impacto da desigualdade de gênero nas colaborações científicas internacionais, além de informar o público sobre os desafios e as soluções que cercam a questão no debate internacional de Ciência, Tecnologia e Inovação.O GENDER STI, projeto cofundado por 18 instituições de 16 países diferentes, aprovado pelo projeto de Investigação e Inovação Horizonte 2020 da Comissão Europeia e financiado pela FAPESP, tem como objetivo analisar a desigualdade de gênero nas colaborações internacionais na área de Ciência, Tecnologia e Informação. Além de identificar os desafios relacionados à igualdade de gênero em carreiras, equilíbrio de gênero na tomada de decisões e integração da dimensão de gênero nos conteúdos de pesquisa e inovação, o projeto visa criar um ambiente propício para o desenvolvimento de soluções comuns. A sustentabilidade dos resultados do projeto será garantida pela criação de dois centros de conhecimento, o Observatório de São Paulo e o Observatório Europeu sobre Gênero em CT&I, contribuindo para a promoção de políticas públicas eficientes e o fortalecimento de redes de diálogo latino-americanas e europeias.A comunicação científica do projeto GENDER STI se dará por meio do uso de linguagens midiáticas e formatos narrativos contemporâneos, a fim de ampliar o conhecimento e o acesso à informação da sociedade acerca da temática abordada. Ademais, procura-se aumentar o engajamento dos perfis das redes sociais do projeto, ampliar o alcance dos resultados espaciais e pesquisadores especialistas, e contribuir para a produção de conteúdo jornalístico para o acervo das plataformas do Canal Futura e FAPESP. Ainda, pretende-se promover a formação e o engajamento das estudantes envolvidas na produção do material com a produção científica associada ao projeto. Ao longo do período de seis meses referente à duração da bolsa, as estudantes passarão pelo processo de formação oferecido pela FAPESP e pela Fundação Roberto Marinho e farão a produção de conteúdo de comunicação científica do projeto Gender STI. A proposta de entregas a serem feitas pela dupla será a produção de um Relatório Científico e as publicações de quatro postagens em feed para Instagram e Linkedin, dois reels para Instagram, uma videorreportagem para Linkedin e uma reportagem escrita para o site do projeto. As redes sociais em que os materiais serão publicados são os perfis InnSciD SP no Instagram (@InnScidSP) e no Linkedin (http://www.linkedin.com/company/innscid-sp/), bem como o site do projeto (https://www.caeni.com.br/gendersti).Dessa forma, pretende-se utilizar de linguagens e formatos multimídia contemporâneos para ampliar a divulgação científica referente a pesquisas sobre desigualdade de gênero no contexto internacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, a fim de contribuir para a disseminação de interesse e conhecimento sobre a problemática, assim como as possíveis soluções que pavimentam o caminho para a igualdade.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)