Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da expressão proteica de s100a12 salivar como biomarcador para periodontite em pacientes diabéticos tipo 2

Processo: 23/16594-9
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2024
Vigência (Término): 31 de maio de 2025
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Emanuel da Silva Rovai
Beneficiário:Fabiola Pedroso Amorim
Instituição Sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Diabetes mellitus   Doenças periodontais   Proteínas S100   Periodontia
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:diabetes mellitus | doença periodontal | Proteínas S100 | Periodontia

Resumo

As proteínas S100 exercem diversas atividades no metabolismo celular,participando da regulação da proliferação, diferenciação, apoptose, homeostase de Ca+2,respostas inflamatórias e inflamação. Dentre a família das proteínas S100, a S100A12 éconhecida por promover diversas ações extracelulares pró- inflamatórias,desempenhando papel relevante na patogênese da doença periodontal.Um estudo transversal antereior do nosso grupo (dados ainda nao publicados)mostrou através de uma análise proteômica salivar a alteração nas proteinas S100 empacientes diabéticos com periodontite. Ainda, a literatura vem indicando a proteínaS100A12 como possível biomarcador salivar para diagnóstico e monitoramento do riscode progressão da doença periodontal em pacientes normorreativos. Entretanto, ainda nãose sabe se essa proteína é um marcador que também pode ser efetivo quando utilizadaem indivíduos com Diabetes mellitus (DM) tipo 2, e ainda, se o tratamento periodontal écapaz de reduzir esse marcador. Diabetes mellitus corresponde a um dos principaisfatores de risco para a periodontite e essa relação parece ser bidirecional, uma vez que otratamento periodontal pode contribuir no controle glicêmico. Dessa forma, é de grandeinteresse o monitoramento do risco da progressão e diagnóstico precoce da doençaperiodontal nesse grupo de indivíduos.Contudo, nós hipotetizamos que pacientes com periodontite e DM tipo 2apresentam níveis elevados da proteína S100A12 na saliva, podendo servir como ummarcador para monitoramento do risco e diagnóstico da periodontite nesse grupo deindivíduos, e além disso, hipotetizamos também que o tratamento periodontal reduz osníveis destas proteínas. Desta forma, o objetivo deste estudo será avaliar a associação daproteína salivar S100A12, com a periodontite em pacientes diabéticos tipo 2, e tambémverificar o efeito do tratamento periodontal nos níveis desta proteína ao 1° e 3° mês póstratamento.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)