Busca avançada
Ano de início
Entree

Qualidade de vida de cuidadores familiares e sua relação com a independência funcional de idosos portadores de transtornos mentais

Processo: 06/59678-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2007
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2007
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem
Pesquisador responsável:Maria José D Elboux
Beneficiário:Priscila Buzzo
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Cuidadores de idosos   Qualidade de vida   Transtornos mentais

Resumo

O estudo tem o objetivo de avaliar a associação entre a qualidade de vida relacionada à saúde dos cuidadores familiares e a independência funcional dos idosos portadores de transtornos mentais atendidos no Ambulatório de Saúde Mental do Idoso de um Hospital Universitário da cidade de Campinas-SP. Trata-se de um estudo exploratório descritivo, de corte transversal, com abordagem quantitativa. A amostra será constituída por cuidadores de idosos portadores de depressão e/ou demência, em acompanhamento no ambulatório de Saúde Mental do Idoso do hospital campo de pesquisa. A coleta de dados será realizada pela autora do presente estudo, no período de outubro de 2006 a junho de 2007. Serão utilizados os seguintes instrumentos de coleta de dados: caracterização sóciodemográfica e clínica, o Medical Outcomes Study Short-Form Health Survey (SF-36) para avaliação da qualidade de vida dos cuidadores; e a Medida de Independência Funcional (MIF) para avaliação da independência do idoso. Serão realizadas as seguintes análises estatísticas: Análise descritiva, envolvendo as variáveis sócio-demográficas e clínicas; Correlação de Spearman, para verificar a associação entre os domínios do SF-36 e os escores da MIF. O nível de significância adotado para os testes estatísticos será de 5%. O presente estudo está vinculado ao projeto "Qualidade de vida de cuidadores de idosos com transtornos mentais: parâmetros associados à sobrecarga do cuidador e à funcionalidade do idoso", encaminhado ao Comitê de Ética. (AU)