Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação da dinâmica de quasispecies em casais infectados com HCV

Processo: 10/06156-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2010
Vigência (Término): 31 de julho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Paula Rahal
Beneficiário:Renata Prandini Adum de Matos
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Filogenia   Estudo comparativo   Hepatite C   Vírus da hepatite C   Ribavirina

Resumo

A infecção por HCV é uma das maiores causas de doença do fígado, sendo estimado que mais de 2% da população mundial está infectada. Este vírus possui um genoma de RNA fita simples de polaridade positiva, que devido à falta de atividade corretiva da polimerase viral, apresenta variabilidade genética em vários níveis: genótipos, subtipos e quasispecies. Atualmente a terapia mais eficiente é baseada na administração de PEG-IFN e Ribavirina e durante o tratamento as quasispecies virais são submetidas a pressões seletivas impostas pelo sistema imune e pelas drogas antivirais e dessa maneira o perfil das quasispecies pode ser modificado durante o curso da doença. Este estudo terá como objetivo principal a análise comparativa de amostras de pacientes com contato sexual e intrafamiliar para determinar a dinâmica entre as quasispecies. A análise comparativa de amostras coletadas antes, durante e após o término do tratamento tem o objetivo de avaliar qual a relação filogenética e genética entre as amostras, além disso, a análise dessas amostras também tem a finalidade de auxiliar na compreensão de como ocorre a dinâmica evolutiva das quasispecies em cada paciente, quando submetidas às pressões seletivas do sistema imune individual e da droga antiviral. A população em análise será composta de quatro pacientes que apresentaram infecção com HCV e que mantiveram contato intrafamiliar e sexual. Esses pacientes foram submetidos ao tratamento por 48 semanas com PEG-IFN e Ribavirina, sendo que um paciente não respondeu ao tratamento (não respondedor) e três pacientes apresentaram ausência de detecção do RNA viral ao final do tratamento com posterior recidiva da infecção (respondedor ao final do tratamento). As regiões codificantes da NS3 e NS5B serão amplificadas, clonadas e sequenciadas, e as sequencias obtidas serão analisadas por ferramentas de bioinformática. Essas regiões apresentam informações relevantes para a análise da variabilidade de quasiespecies. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DA SILVA, RAFAEL ALVES; VICENTE GUEDES DE CARVALHO, ISABEL MARIA; ADUM DE MATOS, RENATA PRANDINI; TOMONARI YAMASAKI, LILIAN HIROMI; BITTAR, CINTIA; RAHAL, PAULA; GOMES JARDIM, ANA CAROLINA. Evidence of bottleneck effect on hepatitis C virus transmission between a couple under interferon based therapy. INFECTION GENETICS AND EVOLUTION, v. 47, p. 87-93, JAN 2017. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.