Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização bioquímica funcional e estrutural da proteína NS5B do vírus da Hepatite C (HCV) em pacientes sensíveis e resistentes à terapia antiviral

Processo: 06/56296-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2006
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia
Pesquisador responsável:Paula Rahal
Beneficiário:Sergio Moraes Aoki
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil

Resumo

O vírus da hepatite C (HCV) é um membro da família Flaviviridae, gênero Hepacivirus. O HCV possui de 30 a 60 nm e é um vírus envelopado de RNA linear fita simples positiva, contendo aproximadamente 9.5 Kb. O genoma viral possui uma ORF-Open Reading Frame que codifica uma poliproteína precursora contendo aproximadamente 3011 aminoácidos, que é posteriormente processada por uma combinação entre proteases virais e celulares. O HCV é transmitido principalmente pelo sangue e infecta cerca de 3% da população mundial, sendo a estimativa de prevalência na população brasileira de 1,6%. Infecções pelo HCV podem causar hepatite aguda ou evoluir para hepatite crônica, cirrose e carcinoma hepatocelular. Ainda não existem vacinas disponíveis no combate a este vírus, e o tratamento mais freqüente, baseado na utilização de Peginterferon, além de não ser muito bem tolerado pelo paciente, possui eficácia limitada. Assim, grande esforço tem sido realizado buscando o desenvolvimento de novas drogas cujo alvo são enzimas essenciais na replicação do HCV, em particular a RNA palimerase RNA dependente NS5B. O presente estudo propõe caracterizar bioquímica e estruturalmente a interação fármaco-NS5B e as alterações no sítio ativo da forma sensível e resistente, visando fornecer informações no desenvolvimento de novos agentes antivirais. (AU)