Busca avançada
Ano de início
Entree

Produção de ligninases por Pycnoporus sanguineus e Lentinus stringellus, avaliação da ação das enzimas sobre moléculas de azo corantes

Processo: 06/01092-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2006
Vigência (Término): 30 de setembro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química
Pesquisador responsável:Mauricio Boscolo
Beneficiário:Roberto Joanne Yoshihiro Fujieda
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Enzimologia   Biodegradação   Azo   Corantes

Resumo

A degradação da biomassa vegetal é fundamental para a manutenção dos ecossistemas terrestres. Em florestas, a maior parte da biodegradação de madeira é realizada por fungos, principalmente os basidiomicetos, através do complexo enzimático constituído de celulases, hemicelulases, pectinases e ligninases. Em função da importância desse processo, tanto sob o aspecto ecológico quanto biotecnológico, uma vez que estas enzimas são muito utilizadas em processos industriais, propomos o estudo da aplicação das ligninases produzidas pelas espécies de basidiomicetos Pycnocporus sanguineus e Lentinus stringellus, em processos de degradação de corantes industriais. Os ensaios de produção ocorrerão em fermentação em estado sólido a 27°C, utilizando-se como substrato, resíduos agrícolas acomodados em erlenmeyers. As soluções enzimáticas brutas, obtidas pela suspensão do material fermentado em água, serão testadas quanto a suas atividades. As enzimas serão, ainda, aplicadas a soluções de azo corantes como o Orange II para avaliação do potencial de descoloração e degradação dos mesmos, através de métodos espectrofotométricos e cromatográficos, bem como os compostos oriundos deste processo de descoloração enzimático. (AU)