Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de materiais nanoestruturados de mulita sinterizados em forno de microondas

Processo: 07/54344-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2007
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2010
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Ruth Herta Goldschmidt Aliaga Kiminami
Beneficiário:Breno Boretti Galizoni
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Mulita   Materiais cerâmicos   Materiais nanoestruturados   Micro-ondas   Sinterização

Resumo

A síntese e o processamento de cerâmicas de alta performance têm sido alvos de temas de estudos destes últimos anos. Esta necessidade ocorreu e está ainda ocorrendo devido à crescente demanda comercial de materiais de alto desempenho a um custo mais competitivo, levando ao desenvolvimento de novas técnicas de síntese, equipamentos de processamento e técnicas de caracterização em escala nanométrica. A resultante desses esforços tem tornado viável obter produtos com alto grau de confiabilidade e reprodutividade visando o tão almejado baixo custo de produção de produtos com excelente - performance, que são fatores vitais no desenvolvimento da indústria em materiais cerâmicos, especificamente materiais nanoestruturados. Nesse sentido, este projeto visa estudar a síntese de mulita a partir de precursores químicos, objetivando obter corpos mulíticos submicro e nanoestruturados com alta densidade, acima de 96%. Serão utilizados como precursores, sílica coloidal e acetato de alumínio. A sílica será obtida por liofilização e a alumina pela decomposição térmica do acetato. Os pós serão caracterizados por difratometria de raios X, microscopia eletrônica de varredura, Horiba e microscopia de transmissão. Após a caracterização dos pós, a mistura estequiométrica será cuidadosamente preparada e pastilhas de 10x2mm serão prensadas isostaticamente e sintetizadas em forno convencional e em microondas em atmosfera normal. Os compactos sintetizados serão caracterizados através da determinação de sua densidade e porosidade aparente, microscopia eletrônica de varredura e difração de raios X. Os produtos assim processados serão confrontados com os da literatura, visando avaliar a performance e características micro-estruturais. (AU)