Busca avançada
Ano de início
Entree

O mapeamento geoecológico da paisagem urbana de Ourinhos-SP: propostas e subsídios ao planejamento ambiental dos parques lineares no entorno dos recursos hídricos

Processo: 07/00630-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2007
Vigência (Término): 31 de maio de 2009
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia
Pesquisador responsável:Andrea Aparecida Zacharias
Beneficiário:Weslei Reghini de Moraes
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ourinhos. Ourinhos , SP, Brasil
Assunto(s):Ecologia da paisagem   Desenvolvimento sustentável   Planejamento ambiental   Conservação dos recursos naturais   Recursos hídricos   Parques   Mapeamento geográfico   Ourinhos (SP)

Resumo

O Município de Ourinhos - SP encontra-se, atualmente, em fase de implantação de seu novo Plano Diretor, o qual em atendimento às disposições do Estatuto da Cidade (Lei nº 10.257, de 10 de julho de 2001), foi elaborado de forma a estabelecer um encaminhamento do município à compatibilização do desenvolvimento socioeconômico com a preservação ambiental, garantindo a qualidade de vida atual e futura de seus habitantes, além do uso racional dos recursos ambientais naturais ou não naturais. E dentre suas diretrizes ambientais, apresenta uma proposta de criação de Parques Lineares, no entorno dos recursos hídricos urbanos, visando estabelecer além da recuperação paisagística, também a preservação ambiental. É neste contexto que relaciona-se este estudo, com o objetivo de realizar o mapeamento geoecológico da paisagem urbana da área de estudo, proporcionando subsídios ao Poder Público, para a viabilização ou não dos Parques Lineares nos locais a que se propõe. Alguns mapeamentos temáticos possibilitarão a representação espaço temporal da evolução da mancha urbana em direção aos recursos hídricos, donde será possível identificar danos causados às áreas de várzea, fundos de vale, mananciais e cabeceiras de drenagem, que afetam diretamente a vida da população e as atividades econômicas. Ao final da pesquisa, será apresentada uma cartografia de síntese, representando o cenário atual, destacando os estados geoecológicos da paisagem, donde será possível avaliar os problemas ambientais de forma integrada indicando os setores de alta a baixa criticidade dos rios e córregos, colaborando, deste modo, para o desenvolvimento sustentável de Ourinhos e, consequentemente, para a melhoria da qualidade de vida da população como um todo. (AU)