Busca avançada
Ano de início
Entree

Produção e estabilidade de micropartículas lipídicas sólidas contendo triacilgliceróis de cadeia média

Processo: 10/15031-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2010
Vigência (Término): 30 de novembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Tecnologia de Alimentos
Pesquisador responsável:Samantha Cristina de Pinho
Beneficiário:Thais Ribeiro Borrin
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Assunto(s):Microencapsulação   Nanopartículas lipídicas sólidas   Triglicerídeos   Bioacessibilidade   Biodisponibilidade

Resumo

A crescente preocupação com a saúde e a prevenção de doenças através da nutrição exige o desenvolvimento de técnicas para encapsular, proteger e liberar os componentes bioativos ao organismo. A inovação na indústria de alimentos nesta área precisa, então, da mudança de foco da observação das propriedades macroscópicas para aquelas que surgem na meso e na nano escalas, com o subsequente controle da microestrutura da matriz alimentícia utilizada e de sua funcionalidade. Por tal motivo, são cada vez mais imprescindíveis os estudos sobre as relações entre a microestrutura dos alimentos e a funcionalidade nos níveis físico, nutricional e fisiológico. Uma das áreas mais em que tal abordagem se encaixa perfeitamente é a microencapsulação, que possui ainda sérias limitações no que diz respeito à incorporação de ingredientes hidrofóbicos que necessitam ser incorporados em formulações aquosas. Desta forma, se faz necessário o desenvolvimento de estudos destas tecnologias visando a incorporação real da funcionalidade nas formulações alimentícias. Em outras palavras, estabelecer de fato tecnologias de micro e nanoencapsulação que permitam: (I) a incorporação de mecanismos de liberação controlada na formulação; (II) aumento da bioacessibilidade e da biodisponibilidade aos ingredientes ditos funcionais, através do controle da microestrutura do alimento. Este projeto tenta contemplar uma parte dos estudos relativos à primeira necessidade citada, ao propor a utilização de ácidos graxos de cadeia média para produção de micropartículas lipídicas sólidas. Caso aprovado, o presente projeto será realizado em sua maior parte nas dependências do ZEA/FZEA/USP (Laboratório de Coloides e Funcionalidade de Macromoléculas e gerenciado pela docente requerente; e nos Laboratórios de Produtos Funcionais e de Tecnologia de Alimentos) do mesmo departamento (já também utilizados regularmente). Análises serão realizadas também no Laboratório de Preparação e Caracterização de Materiais (DFA/IFGW/Unicamp), já parceiros da docente requerente. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DA SILVA, JANAINA COSTA; BORRIN, THAIS RIBEIRO; RUY, PAMELA; BRITO, THAIS CARVALHO; PINHEIRO, ANA CRISTINA; VICENTE, ANTONIO AUGUSTO; DE PINHO, SAMANTHA CRISTINA. Characterization, physicochemical stability, and evaluation of in vitro digestibility of solid lipid microparticles produced with palm kernel oil and tristearin. FOOD SCIENCE AND TECHNOLOGY, v. 34, n. 3, p. 532-538, JUL-SEP 2014. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.