Busca avançada
Ano de início
Entree

Planejamento baseado na estrutura do receptor e do ligante de candidatos a agentes antiparasitários

Processo: 08/10853-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2009
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica Molecular
Pesquisador responsável:Adriano Defini Andricopulo
Beneficiário:Ricardo Nascimento dos Santos
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Química médica   Planejamento de fármacos   Antiparasitários   Doenças negligenciadas   Inibidores enzimáticos   Modelagem molecular

Resumo

As doenças tropicais afetam milhões de indivíduos em todo o mundo, entre homens, mulheres e crianças. Para a maioria destas doenças, que causam altos índices de morbidade e mortalidade, os tratamentos disponíveis são limitados e ineficazes, e o quadro é constantemente agravado pela emergência de cepas resistentes. O presente projeto de pesquisa visa o planejamento de novos inibidores das enzimas nucleosídeo hidrolase (EC 3.2.2.1) de tripanosomatídeos. Inibidores destas enzimas são candidatos a novos agentes tripanocidas com alto potencial de desenvolvimento clínico, considerando-se que o respectivo alvo macromolecular não é expresso em mamíferos e exerce função importante no controle da via metabólica na qual está envolvido. O presente projeto incorpora o planejamento em química medicinal e estudos de modelagem molecular. A estratégia do projeto envolve o uso de técnicas de planejamento baseado na estrutura do receptor (SBDD) e planejamento baseado na estrutura do ligante (LBDD) para a identificação de inibidores seletivos da enzima-alvo. O projeto será desenvolvido nos Laboratórios de Química Medicinal e Computacional e de Cristalografia de Proteínas e Biologia Estrutural do Centro de Biotecnologia Molecular Estrutural CBME-CEPID/FAPESP, do Instituto de Física de São Carlos-USP. Os nossos laboratórios do CBME possuem completa infraestrutura para a realização de todas as etapas experimentais e computacionais propostas neste projeto de Iniciação Científica. Recentemente, nosso Laboratório foi escolhido pela Organização Mundial de Saúde (WHO, World Health Organization) como Centro de Referência em Química Medicinal para Doença de Chagas no Brasil, e também selecionado no Programa Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia do MCT/CNPq/FAPESP, como Instituto Nacional de Biotecnologia Estrutural e Química Medicinal em Doenças Infecciosas, o que demonstra a qualidade do grupo na área de doenças tropicais e a importância do presente projeto dentro do contexto dessas iniciativas. (AU)