Busca avançada
Ano de início
Entree

Crescimento do tecido adiposo e quantificação do hormônio leptina em bovinos mestiços suplementados com somatotropina bovina recombinante (rBST) no modelo biológico superprecoce

Processo: 01/01071-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2001
Vigência (Término): 30 de junho de 2004
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:Antonio Carlos Silveira
Beneficiário:Cyntia Ludovico Martins
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:99/05195-5 - Crescimento de bovinos de corte no modelo biológico superprecoce, AP.TEM

Resumo

O presente estudo objetiva avaliar o crescimento dos adipócitos, quantificar o hormônio leptina e monitorar o padrão de deposição do tecido adiposo de bovinos de corte suplementados com somatotropina bovina recombinante (rbST) no período pré-desmame (fase 1) e de terminação em confinamento (fase 2). Serão utilizados 60 bezerros machos, com idade média de 20 dias, divididos aleatoriamente em dois tratamentos (n=30), compostos por dois níveis de suplementação de rbST (0 e 0,10 mg-1.kg-1.dia-1) aplicado a cada 14 dias, no desmame e no período de confiamento. Serão colhidas amostras de plasma na pesagem dos animais, a cada 28 dias, para quantificar a leptina e será feita biópsia do tecido adiposo para o acompanhamento do desenvolvimento dos adipócitos. Aos 210 dias de idade 20 animais serão abatidos e realizadas as mesmas colheitas de tecido e avaliação de parâmetros das carcaças. Os animais (n=40) restantes serão subdivididos em quatro tratamentos - esquema fatorial 2 x 2 (com e sem rbST nas duas fases) recebendo suplementação com rbST até 96 dias antes do abate. Além das mesmas colheitas de amostras da fasel, o crescimento do tecido adiposo será monitorado por ultra-sonografia. O abate será quando os animais estiverem com peso e idade de acordo com o sistema de produção superprecoce. (AU)