Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da poluição sobre as comunidades de peixes nas fases larval e adulta do Ribeirão Claro - SP, durante o período reprodutivo

Processo: 03/11530-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2004
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2004
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Miguel Petrelli Junior
Beneficiário:Fabio Cop Ferreira
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Peixes   Larva   Reprodução animal   Sobrevivência animal   Poluição da água   Impactos ambientais   Biodiversidade

Resumo

A sobrevivência de uma população implica que cada organismo chega à maturidade gerando novos indivíduos, que irão manter a estrutura etária e a abundância da espécie. As fases larvais se apresentam em sua morfologia e alocação de recursos de modo distinto dos adultos e o ambiente deve oferecer condições que satisfaçam estas exigências. Estudos sobre as fases larvais e as conseqüências de alterações antrópicas têm sido realizados nas principais grandes bacias hidrográficas brasileiras. Na bacia do rio Corumbataí, o Ribeirão Claro apresenta bom estado de preservação, principalmente acima da área de captação de água da cidade, sendo no entanto, o rio mais impactado da bacia, devido ao despejo de esgoto doméstico durante a passagem pela área urbana de Rio Claro. O objetivo deste projeto é determinar os efeitos dessa poluição sobre as fases larval e adulta na comunidade íctia durante o período reprodutivo: A hipótese do projeto é de que a diversidade e composição de espécies sejam diminuídas pela posição ao longo do rio e pela qualidade de suas águas abaixo. Coletas mensais se estenderão de Dezembro de 2003 a Abril de 2004. A diversidade de espécies em ambas as fases será estimada pelo índice de Shannon e a diferença entre os pontos e meses, através de uma "Two-Way" ANOVA. A verificação de como sé dá a ocupação das espécies será feita através do índice de Morisita-Horn e de uma análise de correspondência. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FC. FERREIRA; M. PETRERE JR. Anthropic effects on the fish community of Ribeirão Claro, Rio Claro, SP, Brazil. Brazilian Journal of Biology, v. 67, n. 1, p. 23-32, Fev. 2007.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.