Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização patogênica, sexual e molecular de Magnaporthe grisea (Pyricularia grisea) de aveia: um novo hospedeiro atacado pela brusone

Processo: 06/55398-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2006
Vigência (Término): 30 de junho de 2007
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Alfredo Seiiti Urashima
Beneficiário:Cristina Perbelini Silva
Instituição-sede: Centro de Ciências Agrárias (CCA). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Araras , SP, Brasil
Assunto(s):Magnaporthe   Aveia   Brusone

Resumo

O Brasil se constitui no foco de interesse da pesquisa mundial em Magnaporthe grisea, pois além do arroz, esse patógeno passou a infectar outras culturas de importância agrícola. Assim, a brusone foi relatada atacando trigo em 1986 e em triticale em 1998. Em 2001, lavouras de cevada de RS, MG e GO apresentaram sintomas da doença nas espigas. Em 2005, campos de aveia no PR apresentaram intenso ataque de M. grisea. A despeito da enorme gama de hospedeiros de importância agrícola que são hospedeiros de M. grisea no Brasil e dos danos que essa doença vem causando, poucos estudos tem enfocado o relacionamento entre esses novos agentes causais das brusones. O objetivo do presente estudo é o de relatar a ocorrência da brusone em aveia, o mais novo hospedeiro da brusone no Brasil e, além disso, fazer a caracterização patogênica, sexual e molecular desse agente e sua comparação com os agentes das brusones do arroz, trigo, triticale e cevada que são os hospedeiros já conhecidos de M. grisea de importância no Brasil. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
URASHIMA, ALFREDO SEIITI; SILVA, CRISTINA PERBELINI. Characterization of Magnaporthe grisea (Pyricularia grisea) from Black Oat in Brazil. JOURNAL OF PHYTOPATHOLOGY, v. 159, n. 11-12, p. 789-795, DEC 2011. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.