Busca avançada
Ano de início
Entree

Conflitos e contradições: análise da realidade social brasileira através do romance Angústia de Graciliano Ramos

Processo: 02/10403-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2003
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2003
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Pesquisador responsável:Fátima Aparecida Cabral
Beneficiário:Robson dos Santos
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Assunto(s):Literatura brasileira   Modernismo (literatura)

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo ressaltar o caráter sociológico da produção literária de Graciliano Ramos, identificando os elementos transportados da realidade histórica brasileira - no caso, as implicações do movimento modernista, surgido da Semana de Arte Moderna realizada em 1922, e as transformações operadas após a revolução de 1930 - para a construção de seus romances e de seus personagens. Tomando Angústia, seu terceiro romance, como referência de análise, investigar-se-á o momento histórico - social, político e cultural - em que se insere a constituição do livro, e a influência desse contexto na elaboração do mesmo. Ao investigar o núcleo conflitivo dessa obra pretende-se desvendar o ambiente contraditório e limitador do país, que Graciliano põe a nu. Esse ambiente revela o duplo caráter do nosso capitalismo que ascende após a revolução de 30: progressista, ao criar condições para se questionar a realidade circundante, abrindo espaço para a renovação, mas ao mesmo tempo conservador, na medida em que a frágil burguesia ascendente se aliava às velhas formas de organização colonial. Em Angústia, a estética de sua moldura realista supera o naturalismo simples. Destas primeiras reflexões extrai-se o aspecto humanista da obra de G.R., em que os seres se esforçam concretamente para superarem, em um ambiente de contraditória evolução, o "determinismo mecânico'' e naturalista em que se encontram. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)